Ensaio

Teko Porã em Porto Alegre

Change Size Text
Teko Porã em Porto Alegre

Porto Alegre é o final de um Caminho, que os Guarani chamam Tape. Aqui, flora, fauna e gente se encontram e permanecem, às margens do Guaíba. 

Publicidade Publicidade

Nhanderú, criou Yvy tenonde, a Primeira Terra e subiu até Oyva ropy, o firmamento para descansar. Depois, essa terra ficou coberta de água. Os geólogos calculam que por volta de 400 mil anos Porto Alegre era um arquipélago de ilhas que hoje são os topos dos nossos morros. Ali no alto, enormes matacões comprovam que só a força das águas poderia carrega-los. Lá em cima, a grama baixa, testemunha de um tempo frio, é alimento para os graxains, que até pouco tempo dividiam o espaço com o Veado Campeiro, hoje extinto.

[Continua...]

O acesso a esse conteúdo é exclusivo aos assinantes premium do Matinal. É nossa retribuição aos que nos ajudam a colocar em prática nossa missão: fazer jornalismo e contar as histórias de Porto Alegre e do RS.

 

 
 
 

 

 

 

 
 
 

 

 
conteúdo exclusivo
Revista
Parêntese


A revista digital Parêntese, produzida pela equipe do Matinal e por colaboradores, traz jornalismo e boas histórias em formato de fotos, ensaios, crônicas, entrevistas.

Quer ter acesso ao conteúdo exclusivo?

Assine o Premium

Você também pode experimentar nossas newsletters por 15 dias!

Experimente grátis as newsletters do Grupo Matinal!

Escolhe um dos combos

Pagamento exclusivo via cartão de crédito