Agenda, Música

Leo Cavalcanti e Leandro Braga entre as atrações musicais do Festival Arte Como Respiro

Change Size Text
Leo Cavalcanti e Leandro Braga entre as atrações musicais do Festival Arte Como Respiro Leo Cavalcanti. Foto: Patricia Almeida/Divulgação

O site do Itaú Cultural prossegue com o último recorte de apresentações dos trabalhos selecionados no segmento música em Arte como respiro: múltiplos editais de emergência.

As apresentações deste final de semana acontecem de sexta a domingo (22 a 24 de janeiro), às 20h. Cada performance, previamente gravada, permanece no ar por 24h para ceder lugar à próxima.

O público poderá acompanhar os pocket shows de artistas dos estados de Minas Gerais, Pará, Paraná, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Rio de Janeiro, Santa Catarina e São Paulo.

Paulistano radicado em Salvador, Leo Cavalcanti abre o primeiro show da sexta (22/1). O compositor apresenta suas canções A rocha e o mar, Salvador e Trem do tempo. Depois,o vocalista pernambucano Martins mostra, em voz e violão, porquê se tornou um dos artistas promissores da nova cena musical nordestina.

Para fechar a sexta-feira musical, os paranaenses do Abacate Contemporâneo, influenciados por grandes compositores, entre eles Itamar Assumpção, Tom Zé e Gal Gosta, tocam rock, grooves e mostram arranjos inusitados.

No sábado (23/1), o pianista e arranjador carioca Leandro Braga mostra seu projeto Suíte dos Orixás com ritmos brasileiros presentes nas canções Eleguá, Xangô e Oxalá. Com mais de 40 anos de carreira, Braga já tocou com grandes nomes da música brasileira, entre eles Ney Matogrosso, Leila Pinheiro, Milton Nascimento, Elba Ramalho, Chico Buarque.

Na sequência, diretamente do Rio Grande do Norte, o compositor potiguar Eduardo Taufic toca composições autorais de jazz e blues em performance no teclado.  Em seguida, também em apresentação solo, o multi-instrumentista catarinense Gabriel Vieira une o popular e o erudito em suas canções Loop Insight, The Confinament e Prelude to Origin.

Com referências que vão do rock ao hip hop, passando pelo eletrônico e pelo pop, o grupo pernambucano Torre inicia as exibições no domingo (24/1). Representada pelo guitarrista e vocalista Felipe Castro, a banda mostra suas músicas Cachoeiras, O Rio aos olhos dela e Pra brincar de bola.

Em seguida, a compositora mineira Tamara Franklin, dona de voz marcante, une os ritmos do hip hop e o samba para apresentar suas canções A Rosa e o cravo, Fugio e Dona do Ilê. A noite termina com o Joana Marte, grupo paraense que mescla ritmos brasileiros com o rock alternativo, influenciado por Caetano Veloso.

Abacate Contemporâneo. Foto: Anderson Craveiro/Divulgação

sexta-feira, 22 a 24 de janeiro de 2021 | 20h00

RELACIONADAS

Quer saber tudo sobre cultura e eventos em Porto Alegre e no RS? Então assine a newsletter do Roger Lerina e receba as dicas no seu e-mail!

Receba de segunda a sexta a Matinal News, a newsletter que traz as principais notícias e eventos de Porto Alegre e do RS.