Agenda | Cultura | Música | Notas

Memorial da OSPA conta história dos 73 anos da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre

Change Size Text
Memorial da OSPA conta história dos 73 anos da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre Foto: Acervo OSPA/Reprodução de Nilton Santolin

A partir do dia 21 de novembro, o público terá a oportunidade de conhecer em detalhes a história de uma das orquestras mais antigas do Brasil. A Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (OSPA) abre o Memorial da OSPA, espaço que apresenta o vasto acervo da Orquestra ao longo de seus 73 anos de existência, o que acrescenta mais um atrativo à Casa da OSPA.

A visitação estará disponível a partir de 21 de novembro, de terça a sexta-feira, das 12h às 17h, e nos dias de concerto, das 12h até o fim do espetáculo. A entrada é gratuita.

No Memorial, o público poderá explorar a história da OSPA, a orquestra brasileira mais antiga em atividade contínua. Entre os milhares de itens que documentam mais de 3 mil concertos, há curiosidades como registros da encenação da ópera Aida, que trouxe animais de um circo para o Araújo Vianna em 1965, ou do espetáculo realizado nas ruínas jesuíticas de São Miguel das Missões com o tenor José Carreras.

O Memorial da OSPA é o resultado de um trabalho de pesquisa que começou há mais de três anos, liderado pelo curador Paulo Amaral, com a pesquisa de José Francisco Alves e Dorvalina Gomes. Essa equipe dedicou-se a catalogar e organizar o acervo da Orquestra desde 1950, ano de sua fundação, até os dias atuais. Foram reunidos programas de concertos, cartas, documentos, contratos, registros de viagens, figurinos de óperas, partituras e desenhos de cenários para óperas.

O Memorial ganhou forma com o design expositivo de Ceres Storchi e Emily Borghetti, que organizaram o espaço com uma vitrine dedicada ao maestro Pablo Komlós, fundador da OSPA, uma linha do tempo abrangendo os anos de 1950 a 2023, um diorama que mostra a estrutura de uma orquestra, uma mesa interativa com artigos digitalizados do acervo e armários com documentos históricos originais.

Além disso, a equipe de produção artística da Fundação OSPA preparou uma exposição especial para marcar a abertura do Memorial da OSPA. Intitulada Tecendo Histórias, a mostra é curada por Brenda Knevitz e Letícia Battassini, com expografia de Daniel Lion. Ela é composta por oito figurinos de óperas realizadas pela OSPA nos últimos anos, incluindo vestidos, saias e smokings selecionados do acervo da fundação.

terça-feira, 21 a 21 de novembro de 2023

Casa da OSPA (Caff – Av. Borges de Medeiros, 1.501, Porto Alegre)

Entrada gratuita

Muito legal ficar sabendo de tudo o que acontece na cidade, né?
Este conteúdo é exclusivo para assinantes e é por causa da sua valiosa contribuição que você tem acesso a tudo o que está rolando de mais legal nas artes, e isso tudo através da curadoria do jornalista Roger Lerina. Se você valoriza este conteúdo, compartilhe nas suas redes sociais para que mais gente tenha contato com o melhor da Cultura.
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on email
Se você já é assinante, obrigada por estar conosco no Grupo Matinal Jornalismo! e tenha acesso a todos os nossos conteúdos.Compartilhe esta reportagem em suas redes sociais!
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on email

RELACIONADAS
PUBLICIDADE

Esqueceu sua senha?