Artigos | Cinema

“Anatomia de uma Queda” é a soma das versões da vida

Change Size Text
“Anatomia de uma Queda” é a soma das versões da vida Diamond Films/Divulgação

Vencedor da Palma de Ouro no Festival de Cannes do ano passado, Anatomia de uma Queda (2023) é um fenômeno raro nos dias de hoje: trata-se de um thriller dramático adulto aclamado pela crítica e muito bem recebido pelo público – em Porto Alegre, por exemplo, desde que estreou na semana passada, o filme da cineasta francesa Justine Triet vem lotando as sessões nos cinemas em que está em cartaz. Indicado ao Oscar em cinco categorias – incluindo melhor filme, direção, atriz (Sandra Hüller) e roteiro original –, o longa embrenha-se nas conflitantes percepções a respeito da vida de uma família cuja mulher é acusada de assassinar o marido.

Em Anatomia de uma Queda, um homem é encontrado morto na neve do lado de fora do chalé isolado nos Alpes franceses onde morava com sua esposa, a escritora alemã Sandra (Hüller), e Daniel (Milo Machado Graner), filho de 11 anos do casal que tem deficiência visual. A investigação sobre o que aconteceu com Samuel (Samuel Theis) conclui se tratar de uma “morte suspeita”: é impossível saber ao certo se ele tirou a própria vida ou se foi assassinado.

Publicidade

Diamond Films/Divulgação

A viúva é então indiciada, tendo o próprio filho envolvido no processo como testemunha: entre o julgamento e a vida familiar, as dúvidas pesam na relação entre os dois. Aos poucos, a exposição das circunstâncias do caso no tribunal deixa de ser apenas uma investigação das circunstâncias da morte de Samuel e se torna uma inquietante jornada psicológica às profundezas da relação conturbada do casal.

O roteiro – assinado pelo casal formado pela diretora Justine Triet e por Arthur Harari – constroi pacientemente uma trama intricada e delicada de relações, emoções, memórias, ressentimentos e impressões que envolve por completo o espectador, sem assegurar-lhe a respeito de nada. A tessitura tramada em Anatomia de uma Queda não se escora em súbitas reviravoltas e revelações bombásticas, como é comum em dramas de tribunal, mas em um permanente clima de indefinição entre narrativa e fato – não à toa, o casal central é formado por dois escritores.

Sandra Hüller é decisiva na construção da complexa protagonista do filme – uma autora de sucesso que lida com a crise existencial e profissional do companheiro e a dolorosa causa da deficiência do filho. Atriz de filmes como Requiem (2006), As Faces de Toni Erdmann (2016) e Sibyl (2019) – também dirigido por Triet e igualmente tendo uma escritora no centro da trama –, a intérprete alemã impressiona com seu talento e intensidade dramática, notável especialmente em sequências como a da discussão da personagem com o marido Samuel, que lembra os ácidos debates do casal de Cenas de um Casamento Sueco (1974), do mestre Ingmar Bergman.

Diamond Films/Divulgação

Merece destaque também a comovente atuação do jovem ator Milo Machado Graner, que imprime franqueza e fragilidade ao filho do casal dividido por dúvidas e inseguranças, e a carismática presença do cachorro da família, que ocupa um papel importante na trama – o border collie Messi inclusive ganhou a Palm Dog em Cannes por sua “atuação”.

Inteligente e sensível, Anatomia de uma Queda preocupa-se mais em ressaltar a ambiguidade e a irredutibilidade das experiências humanas – as dinâmicas dos relacionamentos amorosos, a ligação entre pais e filhos, a maneira como queremos ser socialmente percebidos pelos outros, a carreira profissional – do que apenas elucidar a morte de Samuel. Como o excelente Monster (2023), mais recente obra-prima do diretor japonês Hirokazu Kore-eda ainda em cartaz nos cinemas, Anatomia de uma Queda acredita que a existência é um somatório de versões e interpretações diferentes do mundo, instáveis e incertas – e portanto visceralmente humanas –, cuja verdade última é intangível e talvez não passe de uma quimera.

Diamond Films/Divulgação

Anatomia de uma Queda: * * * * *

COTAÇÕES

* * * * * ótimo     * * * * muito bom     * * * bom     * * regular     * ruim

Assista ao trailer de Anatomia de uma Queda:

PUBLICIDADE

Esqueceu sua senha?