Artigos, Cinema

“Marighella” revela o coração de um guerrilheiro

Change Size Text
“Marighella” revela o coração de um guerrilheiro Foto: O2 Filmes/Divulgação

Primeiro longa-metragem dirigido por Wagner Moura, Marighella (2019) estreia nos cinemas nesta quinta-feira, dia 4 de novembro – exatamente 52 anos após o assassinato de Carlos Marighella (1911 – 1969) pela ditadura militar brasileira. O filme fará seu lançamento depois de passar por importantes festivais internacionais como os de Berlim, Seattle, Hong Kong, Sydney, Santiago do Chile, Havana, Istambul, Atenas, Estocolmo e Cairo.

Na entrevista exclusiva acima, Wagner Moura fala sobre o aguardado filme, que se concentra nos últimos cinco anos vida do guerrilheiro , os ataques e boicotes que o longa vem sofrendo no Brasil, a repercussão internacional e a situação atual do país: “Os ataques ao filme dizem muito mais sobre o Brasil de hoje do que propriamente sobre o filme. Eu fiz um filme sobre um personagem da história do Brasil, você pode gostar dele ou não. Eu me lembro que Tropa de Elite foi um filme absolutamente polêmico. Mas tudo ocorreu em um ambiente democrático, as pessoas se manifestavam. No nosso caso agora, não é mais sobre o filme. É o governo federal tentando interditar um filme”.

Marighella traz no elenco Seu Jorge no papel-título, além de Bruno Gagliasso, Luiz Carlos Vasconcellos, Herson Capri, Humberto Carrão, Adriana Esteves, Bella Camero, Maria Marighella, Ana Paula Bouzas, Carla Ribas e Jorge Paz, entre outros. O longa conta a história dos últimos anos de Carlos Marighella, guerrilheiro que liderou um dos maiores movimentos de resistência contra a ditadura militar no Brasil, na década de 1960.

Comandando um grupo de jovens guerrilheiros, o baiano Marighella tenta divulgar sua luta contra a ditadura para o povo brasileiro, apesar da repressão. Seu principal opositor é Lucio – interpretado por Bruno Gagliasso –, policial que o rotula de inimigo público número 1. Enquanto o cerco se fecha aos integrantes do grupo revolucionário Ação Libertadora Nacional (ALN), Marighella procura cumprir a promessa de reencontrar o filho – de quem por anos se manteve distante, como forma de protegê-lo.

Seu Jorge e Adriana Esteves. Foto: O2 Filmes/Divulgação

Bruno Gagliasso. Foto: O2 Filmes/Divulgação

Foto: O2 Filmes/Divulgação

No perfil @marighella_ofilme no Instagram, é possível acompanhar a trajetória da filmagem do longa – que passou pela Bahia, São Paulo e Rio de Janeiro.

Seu Jorge e Wagner Moura. Foto: O2 Filmes/Divulgação

Marighella: * * * *  

COTAÇÕES

* * * * * ótimo     * * * * muito bom     * * * bom     * * regular     * ruim

Assista ao trailer de Marighella:

RELACIONADAS

Escolhe um dos combos

Pagamento exclusivo via cartão de crédito