Artigos | Cinema

“Pare com Suas Mentiras” rememora amor gay adolescente

Change Size Text
“Pare com Suas Mentiras” rememora amor gay adolescente Imovision/Divulgação

Marcado por uma doce melancolia nostálgica, o belo drama francês Pare com Suas Mentiras (2022) ecoa no presente as lembranças e ressentimentos de um amor de juventude sufocado. No filme dirigido por Olivier Peyon, um célebre escritor maduro retorna a sua cidade natal provinciana e confronta-se com um passado moldado pelos arrebatamentos e frustrações de uma paixão adolescente.

Em Pare com Suas Mentiras, ao aceitar ser o embaixador da marca de um famoso conhaque comemorando seu bicentenário, o romancista Stéphane Belcourt (Guillaume de Tonquédec) volta ao local onde nasceu pela primeira vez em 35 anos. Na região de Cognac, o autor acaba conhecendo Lucas (Victor Belmondo, neto do astro Jean-Paul Belmondo), filho de seu primeiro amor – o ex-colega de escola Thomas (Julien De Saint Jean).

Publicidade

Imovision/Divulgação

As memórias do passado voltam para Stéphane como uma avalanche irreprimível. Sem revelar a verdadeira qualidade de sua relação com Thomas, o escritor aproxima-se de Lucas nos dias em que permanece na capital do conhaque a fim de recolher informações e memórias que o ajudem a esclarecer a razão do rompimento de uma conexão marcada pelo ardor passional e erótico juvenil. Lucas, por sua vez, também procura indagar Stéphane a respeito da mocidade do pai, de quem pouco sabe.

Adaptação do romance autobiográfico homônimo de Philippe Besson, um best-seller na França, Pare com Suas Mentiras evita o sentimentalismo exacerbado, inclusive temperando a trama com alguma dose de humor e ironia ao mostrar o desconforto do esnobe escritor consagrado e cosmopolita confrontando-se com sua origem interiorana pequeno-burguesa – lembrando, nesse aspecto, a ótima comédia dramática argentina O Cidadão Ilustre (2016).

A narrativa de Pare com Suas Mentiras permeia a ação presente com flashbacks que rememoram o encontro e o relacionamento entre Stéphane e Thomas. Se o veterano Guillaume de Tonquédec destaca-se pela atuação sensível como um homem amargurado pelas decepções sentimentais, são os jovens atores que encarnam a dupla de amantes – particularmente o belga Jérémy Gillet, que interpreta Stéphane na adolescência – os responsáveis por emprestar frescor e leveza à dura história de Pare com Suas Mentiras.

Imovision/Divulgação

Imovision/Divulgação

Pare com Suas Mentiras: * * * *

COTAÇÕES

* * * * * ótimo     * * * * muito bom     * * * bom     * * regular     * ruim

Assista ao trailer de Pare com Suas Mentiras:

RELACIONADAS
PUBLICIDADE

Esqueceu sua senha?