Artigos | Cinema

“Segredos de um Escândalo” tenta decifrar uma esfinge

Change Size Text
“Segredos de um Escândalo” tenta decifrar uma esfinge Diamond Films/Divulgação

Inspirado em um rumoroso caso que mobilizou a opinião pública estadunidense nos anos 1990, Segredos de um Escândalo (2023) reúne no elenco duas grandes atrizes de Hollywood de diferentes gerações: Julianne Moore e Natalie Portman. Indicado ao Oscar de Melhor Roteiro Original, o drama dirigido por Todd Haynes revive o relacionamento entre uma mulher e seu marido mais de 20 anos mais jovem, iniciado quando ele ainda era menor de idade.

Segredos de um Escândalo se passa em 2015, na cidade de Savannah, na Geórgia, onde Gracie (Moore) é uma mulher de meia idade que leva uma vida feliz ao lado do marido Joe (Charles Melton), 23 anos mais novo que ela. O relacionamento dos dois começou quando Joe ainda tinha 13 anos, o que causou um escândalo nacional e levou Gracie à prisão. Vinte anos depois de seu romance ter chegado às manchetes, o casal está se preparando para que seus gêmeos vão para a faculdade quando recebem a visita de Elizabeth (Portman), famosa atriz que vai interpretar Gracie em um filme sobre a vida dela.

Publicidade

Diamond Films/Divulgação

A princípio, a chegada da estrela de cinema pouco altera no cotidiano da família de Gracie e Joe. Mas as pesquisas de Elizabeth a respeito do passado de sua personagem e as perguntas que faz a familiares, amigos e vizinhos logo vão trazer à tona lembranças incômodas e sentimentos mal resolvidos de todos. Por outro lado, o fascínio pela figura de Gracie, enigmática esfinge indecifrável, leva Elizabeth a confrontar suas próprias frustrações e desejos reprimidos – deixando-se levar por um jogo de projeções, comparações e disputas com a mulher que deverá encarnar na tela do cinema.

A ambiguidade moral, a busca por uma identidade pessoal em contraposição às expectativas sociais e a sexualidade não convencional são temas recorrentes na cinematografia de Todd Haynes, presentes em filmes como Velvet Goldmine (1998), Longe do Paraíso (2002) ou Carol (2015). Como o mestre espanhol Pedro Almodóvar, o cineasta estadunidense acessa a psicologia de seus personagens em Segredos de um Escândalo pela via de suas obsessões, fantasias e traumas sexuais, não temendo nesse processo adentrar em terrenos pantanosos chocantes ou reprováveis.

A questão do duplo na nova obra de Haynes, porém, acena também para referências cinematográficas de outras cepas. A interação entre Elizabeth e Gracie, que pode oscilar entre a cumplicidade e o antagonismo em uma mesma situação, e as muitas cenas em que as duas estão frente a frente ou lado a lado diante de espelhos remetem inescapavelmente ao clássico Persona (1966), de Ingmar Bergman. Mas há também um título mais moderno ao qual a singular conexão de atração e repulsa entre as protagonistas de Segredos de um Escândalo ecoa: o perturbador Cidade dos Sonhos (2001), de David Lynch.

Diamond Films/Divulgação

Nesses três filmes, o cinema e a representação são tematizadas pelas presenças de atrizes nas histórias. Em Segredos de um Escândalo, essa particularidade possibilita à trama flertar com a metalinguagem e borrar ainda mais os limites entre realidade e ficção – como na sequência em que Elizabeth, respondendo perguntas de estudantes secundaristas, comenta que o sexo entre atores no cinema nem sempre é apenas encenado, ou quando, visitando o lugar onde Gracie e Joe tinham seus encontros clandestinos, a atriz julga sentir a mesma tensão sexual dos amantes furtivos.

Mas há ainda mais questões abordadas em Segredos de um Escândalo – e que dizem respeito também o personagem Joe –, como percepções sobre juventude e amadurecimento, compromisso e lealdade, estabilidade e inquietação, conforto burguês e aventura hedonista. Potencializando essas tantas nuances interpretativas estão duas atrizes no melhor de suas formas: Julianne Moore, em sua quinta colaboração com Todd Haynes, e Natalie Portman – também produtora do filme, responsável por levar o roteiro até o diretor – dão corpo e veracidade a essas mulheres complexas e caleidoscópicas, cujas incongruências, tropeços e contradições apenas sublinham a frágil condição humana.

Diamond Films/Divulgação

Segredos de um Escândalo: * * * * *

COTAÇÕES

* * * * * ótimo     * * * * muito bom     * * * bom     * * regular     * ruim

Assista ao trailer de Segredos de um Escândalo:

PUBLICIDADE

Esqueceu sua senha?