Cultura | Notas

Projeto “Invisíveis – Histórias Para Acordar” acontece no formato virtual e presencial

Change Size Text
Projeto “Invisíveis – Histórias Para Acordar” acontece no formato virtual e presencial Atrizes Projeto Invisiveis - Historias para Acordar | Foto: Amanda Gatti

Invisíveis – Histórias para Acordar é formado por múltiplas vozes femininas do Brasil e de Portugal, a partir de relatos reais de diversos grupos femininos, tantas vezes silenciados, como mulheres e meninas em situação de rua, prostitutas, presidiárias, vítimas de tráfico humano e ciganas. 

O projeto transmídia tem coprodução de dois núcleos teatrais, a Companhia de Solos & Bem Acompanhados do Brasil e Casulo Núcleo de Artes Performativas de Portugal, e abrange diferentes ações artísticas.

 Um espetáculo virtual, duas exposições com performances no lançamento (Brasil e Portugal) e um podcast homônimo. As exposições estarão no andar térreo da Casa de Cultura Mario Quintana em Porto Alegre, assinada pelo artista visual Leandro Selister. Ambas contaram com performance na abertura até 05 de dezembro.

No Brasil os relatos, organizados por Rosina Duarte, partem das obras escritas por grupos de mulheres coordenados pela ALICE – Agência Livre para Informação, Cidadania e Educação. Eles mostram os cacos de espelho de diversos mundos femininos, como, das moradoras de rua, Jornal Boca de Rua – com 21 anos de história e o único do mundo feito totalmente por moradores de rua.

Para dar vida, corpo e voz a este universo, o espetáculo virtual é assinado por Deborah Finocchiaro e Amanda Gatti. O espetáculo segue disponível on-line e gratuitamente no canal do YouTube de Deborah com versões legendadas em português e inglês e com acessibilidade em LIBRAS.

Composto por nove episódios, publicados semanalmente, entre 13 de outubro e 10 de dezembro, o podcast Invisíveis – Histórias Para Acordar, é mais um formato que amplia a discussão e possibilita dar espaço a tantas outras vozes e situações que precisam ser escutadas.

RELACIONADAS
PUBLICIDADE

Esqueceu sua senha?