Agenda | Evento | Feira | Literatura | Notas

Feira do Livro de Gravataí ajuda artistas afetados pelas enchentes

Change Size Text
Feira do Livro de Gravataí ajuda artistas afetados pelas enchentes Edu Ferrari/Divulgação

Transferida para o dia 26 de junho devido aos eventos climáticos extremos no Rio Grande do Sul, a 35ª Feira do Livro de Gravataí dará oportunidade de trabalho para artistas e profissionais de eventos gaúchos afetados pelas enchentes em seus cinco dias de evento. Com o tema “Patrimônio – Vivendo nossa história”, a feira será realizada na nova Rua Coberta, na praça central da cidade, até o dia 30 de junho

A programação inicial foi alterada para que fossem contratados apenas profissionais do Estado, garantindo apoio a quem está sendo impactado pelas consequências das inundações em várias cidades. Nas noites da feira, o ingresso para os shows será a doação de um quilo de alimento. Entre as atrações, o show de Duca Leindecker está confirmado. A 35ª edição do evento terá como patrona Véra Lúcia Maciel Barroso, doutora em história do Brasil.

“O evento será importante para a retomada do setor cultural e os livreiros, uma vez que Gravataí foi menos afetada pelas enchentes e está contribuindo com o Estado em várias frentes”, afirmou o prefeito Luiz Zaffalon.

Nos cinco dias, estão previstas 56 horas de programação e 64 atividades, incluindo os encontros com os autores. Os nomes confirmados incluem Alexandre Brito, Angela Xavier, Ana Terra, Chris Dias, Bete Tiburi e Caio Ritter. Haverá homenagens a referências culturais da cidade, representadas por Getúlio Xavier Osório, Gladis Barros e Valecy Cabeleira Bitelo

As inscrições para os livreiros e para as sessões de autógrafos estão abertas e vão até as 23h59min de 16 de junho. Os editais podem ser acessados neste site. A Feira do Livro de Gravataí terá os tradicionais estandes com livreiros e editoras, palco para shows, teatro, contação de histórias na nova Casa de Cultura (antiga sede da prefeitura) e ainda atividades no auditório da Acigra (Associação Comercial e Industrial de Gravataí) e na Escola Dom Feliciano

“Além de promovermos a literatura e a arte, estaremos apresentando novos espaços à comunidade e criando oportunidades aos setores cultural e de eventos neste momento que, novamente, impacta de maneira muito forte as duas áreas. Redefinimos a programação cultural para contratar somente artistas e profissionais gaúchos, que estão no RS, gerando importantes oportunidades de trabalho a eles”, relatou Izabel Cristina da Silveira, diretora de Cultura. “O foco foi contratar artistas gaúchos, pois entendemos que esse mercado é o primeiro a parar e o último a voltar”, completa Lu Bitello, proponente da Feira do Livro. 

Ligada ao tema da feira, a programação cultural terá momentos como o cortejo com o grupo especial da Escola de Samba Acadêmicos de Gravataí até o novo Mercado Público de Gravataí, apresentação de danças açorianas com o Rancho Folclórico da Casa dos Açores e oficinas sobre memórias da cidade e sobre o trabalho em arquivos históricos, abordando conceitos de patrimônio material e imaterial. Tudo isso em meio a shows como o de Duca Leindecker e espetáculos teatrais como a montagem Museu Desmiolado e o teatro de sombras Criaturas da Literatura.

quarta-feira, 26 a 30 de junho de 2024

Muito legal ficar sabendo de tudo o que acontece na cidade, né?
Este conteúdo é exclusivo para assinantes e é por causa da sua valiosa contribuição que você tem acesso a tudo o que está rolando de mais legal nas artes, e isso tudo através da curadoria do jornalista Roger Lerina. Se você valoriza este conteúdo, compartilhe nas suas redes sociais para que mais gente tenha contato com o melhor da Cultura.
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on email
Se você já é assinante, obrigada por estar conosco no Grupo Matinal Jornalismo! e tenha acesso a todos os nossos conteúdos.Compartilhe esta reportagem em suas redes sociais!
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on email

RELACIONADAS
PUBLICIDADE

Esqueceu sua senha?