Artes Visuais, Notas

José Resende visita sua obra na orla do Guaíba e sonha com reabertura junto com exposição da Fundação Iberê

Change Size Text
José Resende visita sua obra na orla do Guaíba e sonha com reabertura junto com exposição da Fundação Iberê

O artista José Resende esteve em Porto Alegre, na última quinta-feira (17/6), para uma visita técnica de sua nova exposição em preparação na Fundação Iberê, prevista para novembro. Para esta mostra, serão selecionadas obras especialmente para dialogar com o centro cultural e instaladas nas partes interna e externa do prédio.

Resende aproveitou para vistoriar seu monumento Olhos Atentos, na orla do Guaíba, próximo à Usina do Gasômetro, fechado para visitação desde 2018. Acompanhado do diretor-superintendente da Fundação, Emilio Kalil, e da coordenadora de Artes Plásticas da Secretaria da Cultura de Porto Alegre, Adriana Boff, foi discutida a reabertura junto com a exposição. 

Segundo projeto da Prefeitura de Porto Alegre, já aprovado pelo artista, a alternativa viável será a instalação de um regulador de público no eixo da escultura, limitado a 20 visitantes por vez.

José Resende, junto com Carmela Gross, Mauro Fuke e Waltércio Caldas, foi um dos artistas convidados pela 5ª Bienal do Mercosul para produzir obras permanentes para Porto Alegre. Segundo o curador-geral Paulo Sérgio Duarte, na época, as intervenções foram pensadas como obras de arte para serem usadas pelo público; para que passeiem sobre elas, olhem a paisagem a partir delas, ou simplesmente descansem sobre elas. Os trabalhos, de acordo com o curador responsável, José Francisco Alves, compuseram uma ação que buscava ocupar um espaço privilegiado da cidade com arte contemporânea e todas as potencialidades que ela carrega.

Olhos Atentos é composta por duas vigas de aço, que se estendem acima do Guaíba, formando uma passarela. Para Resende, cuja característica marcante é a relevância dos materiais empregados e suas relações com o espaço, em lugar de apenas utilizá-los como suporte para formas convencionais, a obra nasceu com o propósito de fazer “Porto Alegre enxergar-se com novos olhos”.

RELACIONADAS

Escolhe um dos combos

Pagamento exclusivo via cartão de crédito