Artes Visuais | Notas

Nara Guichon é uma das vencedoras do Prêmio Pipa 2024 de arte contemporânea

Change Size Text
Nara Guichon é uma das vencedoras do Prêmio Pipa 2024 de arte contemporânea Foto: Renata Gordo/Divulgação

A artista têxtil gaúcha e ambientalista Nara Guichon, representada pela Ocre Galeria, é uma das vencedoras do Prêmio Pipa 2024, uma das mais importantes premiações de arte contemporânea do país. O anúncio foi feito no último dia 31 de maio. A indicação ao Prêmio Pipa 2024 foi do curador Josué Mattos.

Há décadas Nara Guichon vem desenvolvendo uma trajetória criativa, artística e profissional com coerência e responsabilidade, sendo referência no desenvolvimento de projetos que tenham como base a valorização dos saberes manuais tradicionais, o uso de matérias-primas e de pigmentos naturais, além do reaproveitamento e da ressignificação de elementos descartados, com ênfase nas redes de pesca, responsáveis por mais de 50% da poluição dos oceanos.

Reconhecida nacional e internacionalmente no campo do design, Nara resolveu se voltar exclusivamente às artes visuais. Sua primeira exposição foi em Porto Alegre, em 2022, quando apresentou, no âmbito do Dia Mundial do Meio Ambiente, a intervenção O Mar que Não Vemos, no Jardim Lutzenberger da Casa de Cultura Mario Quintana. Naquele mesmo ano, contemplada pelo Prêmio Elizabete Anderle de Incentivo à Cultura, do estado de Santa Catarina, levou a exposição Os Arquipélagos de Nara Guichon às cidades de Laguna, Blumenau e Chapecó. O projeto, com curadoria de Paula Ramos, teve continuidade em 2024, sendo apresentado em Itajaí, por meio da Lei Paulo Gustavo.

Orgânicas, as obras revelam os materiais e a notável experiência artesanal de Nara Guichon, conquistados ao longo de seis décadas dedicadas ao têxtil. Também expressam, por meio de um ofício solitário, perseverante e contínuo, sua ode ao meio ambiente. É essa produção e trajetória que o Prêmio Pipa 2024 reverencia.

Além da artista gaúcha, foram agraciados Aislan Pankararu, Aline Motta e enorê. A exposição do Prêmio Pipa será realizada no Paço Imperial do Rio de Janeiro, entre 3 de agosto e 20 de outubro.

Nara Guichon deve realizar, ainda neste ano, uma individual também na Ocre Galeria.

RELACIONADAS
;
PUBLICIDADE

Esqueceu sua senha?