Notas, Teatro

Palco Giratório Sesc foca na valorização das trajetórias de grupos de artes cênicas na sua 15ª edição

Change Size Text
Palco Giratório Sesc foca na valorização das trajetórias de grupos de artes cênicas na sua 15ª edição Espetáculo "Ícaro". Foto: Renato Domingos

Reforçando a importância da continuidade e resistência e trajetória dos grupos de artes cênicas no Brasil, a 15ª edição do Palco Giratório Sesc em Porto Alegre ocorre de 30 de setembro a 16 de outubro, com espetáculos transmitidos ao vivo de todas as regiões do Brasil e atividades formativas realizadas por meio de plataformas virtuais. 

Além deste período, a partir de novembro o projeto terá continuidade nas Unidades do Sesc/RS, por meio de residências artísticas, debates e oficinas online. Dois espetáculos gaúchos estão confirmados na programação nacional do Palco Giratório: Ícaro, monólogo escrito, produzido e encenado por Luciano Mallmann; e Macbeth e o Reino Sombrio: Shakespeare para Crianças, do Coletivo Órbita.

A programação de apresentações será composta por conceituados grupos da cena no país, que foram selecionados pela curadoria nacional para circulação em 2020, e por espetáculos e ações locais pontuais, mantendo a diversidade e pluralidade de propostas. Já as atividades formativas têm como prioridade a articulação de debates sobre arte, cultura e as possibilidades do momento, além da promoção de reuniões entre artistas e públicos, ressaltando a potência dos encontros e das relações humanas a partir das artes. Estão sendo consideradas, ainda, intervenções e ações presenciais, caso o cenário seja favorável. A programação completa será divulgada em breve.

Em um momento de dificuldades para quem vive da cultura, o objetivo principal desta edição do Palco Giratório Sesc é valorizar as pessoas que construíram a história das artes cênicas e aqueles que seguem realizando pesquisa, produção e circulação, com o propósito de potencializar, desenvolver e construir uma extensa cadeia de profissionais que movimentam a economia do país. “É de extrema importância instigar a reflexão sobre a necessidade de olhar para a história construída até aqui por todos esses coletivos, ressaltar as pesquisas desenvolvidas por esses no campo das artes e a construção de linguagens e de obras artísticas que fazem parte das histórias de muitos espectadores”, explica a coordenadora de Artes Cênicas Sesc/RS, Jane Schoninger.

Reconhecido no cenário cultural brasileiro como um importante projeto de difusão e intercâmbio das artes cênicas, desde 1998 o Palco Giratório Sesc intensifica a formação de plateias a partir da circulação de espetáculos dos mais variados gêneros e promove a troca de experiências por meio de uma vasta programação de oficinas, festivais, mesas-redondas e palestras. Neste momento, não sendo possível a circulação de pessoas, instiga-se a continuidade da circulação dos pensamentos, dos fazeres, das experiências e das perspectivas através de encontros virtuais. Artistas e públicos de diferentes regiões do País estarão conectados em salas virtuais para dialogar sobre essa história. 

RELACIONADAS

Quer saber tudo sobre cultura e eventos em Porto Alegre e no RS? Então assine a newsletter do Roger Lerina e receba as dicas no seu e-mail!

Receba de segunda a sexta a Matinal News, a newsletter que traz as principais notícias e eventos de Porto Alegre e do RS.