Nando Gross

O lado B da Copa na Austrália

Change Size Text
O lado B da Copa na Austrália Reprodução

Em um momento que deveria ser de celebração pela conquista histórica na Copa do Mundo, somos forçados a desviar-se do essencial e confrontar as imagens desconfortáveis de homens em posições de poder, revelando o odioso lado das hierarquias e relações de gênero. 

Luis Rubiales, presidente da confederação de futebol espanhola, segurando com força o rosto de Jenni Hermoso para impingir um beijo não solicitado, desrespeitando os limites pessoais da atleta, causou indignação. Vendo a imagem, somos forçados a confrontar a triste realidade de que tais comportamentos não são incidentes isolados, já que existe uma cultura que há muito tem sido tolerante com abusos de poder e desrespeito às fronteiras pessoais. 

O fato de que essas ações aconteceram publicamente, durante um evento transmitido ao vivo para todo mundo, escancara a cultura de impunidade que muitas vezes permite que o abuso de poder persista. É fundamental que as mulheres estejam em posição de poder na hierarquia das entidades esportivas para lidarem com o futebol feminino.   

O Comitê Disciplinar da Fifa abriu processo disciplinar contra Rubiales, que já correu para pedir desculpas publicamente. O presidente do Centro Nacional de Formação de Treinadores de Futebol (Cenafe), Miguel Ángel Galán, encaminhou denúncia ao Ministério Público. Caso a promotoria aceite a denúncia, ele será investigado por agressão sexual.  

;

Esqueceu sua senha?

ASSINE E GANHE UMA EDIÇÃO HISTÓRICA DA REVISTA PARÊNTESE.
ASSINE E GANHE UMA EDIÇÃO HISTÓRICA DA REVISTA PARÊNTESE.