Matinal News

Ainda em situação de colapso, Porto Alegre deve ter flexibilizações

Change Size Text
Ainda em situação de colapso, Porto Alegre deve ter flexibilizações

Na noite dessa quarta-feira, Porto Alegre dispunha de 1.003 leitos de UTI, mas atendia a 1.030 pacientes – 726 deles com diagnóstico de Covid-19. As Unidades de Pronto-Atendimento da Capital seguiam superlotadas e atendendo apenas a casos graves. Cerca de 12,1 mil pessoas estão consideradas como casos ativos de Covid-19 na cidade, segundo a Secretaria Municipal da Saúde. Ainda assim, amanhã flexibilizações devem ser confirmadas.

A sinalização ganhou força após reunião entre o prefeito Sebastião Melo (MDB) e o governador Eduardo Leite (PSDB), que, a despeito de trocas de rusgas recentes, pareceram ter aparado arestas. O pedido de Melo para liberar atividades não essenciais nos sete dias da semana deve ser atendido por Leite. O prefeito, outrora crítico da cogestão do distanciamento controlado, garantiu respaldo ao que for definido pelo Piratini.

Publicidade
Publicidade

O momento que caminha às flexibilizações ocorre na mesma semana em que entidades de saúde que compunham o Conselho Multissetorial para o Enfrentamento à Covid na Capital (Comue) decidiram deixar o colegiado. A saída ocorre em razão à condução do Conselho que, segundo o Sindicato e o Conselho dos Enfermeiros, o Conselho Municipal de Saúde e Centrais Sindicais do RS, favorecem setores empresariais nas decisões.

A prioridade aos setores empresariais nas decisões sobre a pandemia é algo que foi abordado em reportagem do Matinal na semana passada. Sob Melo, árduo defensor da economia aberta, as mortes por Covid-19 dispararam na Capital. Em resposta à saída de representantes da saúde do Conselho, a resposta foi de que o Comue tem caráter consultivo e “sem protocolos formais”.

O que mais você precisa saber

Grupo CCR adquire operações que incluem aeroportos do Rio Grande do Sul – O mesmo grupo que administra a freeway adquiriu as operações de nove aeroportos que foram leiloados pelo governo federal. Ao apresentar uma proposta de 2,1 bilhões de reais, o CCR venceu a disputa pelo Bloco Sul, que inclui os terminais localizados nos municípios de Bagé, Pelotas e Uruguaiana. O valor representa um ágio de 1.534% em relação ao preço mínimo estipulado para o lote, que era de 130,2 milhões de reais. Durante o leilão, realizado na bolsa de valores de São Paulo, a B3, 22 aeroportos foram repassados a grupos privados. A concessão é válida pelos próximos 30 anos e a arrecadação gerada foi de 3,3 bilhões de reais. 

Braço de transmissão da CEEE pode render no mínimo 1,7 bilhão de reais – Uma semana após negociar o braço de distribuição da CEEE, o Governo do Rio Grande do Sul prepara-se para encaminhar a desestatização da área de transmissão da estatal. Em um comunicado, o grupo informou que o lance mínimo para arrematar o setor será de quase 1,7 bilhão de reais. O preço equivale a 66,06% do capital social da CEEE-Par, holding controlada pela administração estadual. O leilão da CEEE-T ainda não tem data para ocorrer, mas o Executivo gaúcho espera a publicação do edital para o final de maio. 

Receituário com remédios sem eficácia contra a Covid-19 é encontrado em Taquara –Depois do uso do tratamento experimental com nebulização de hidroxicloroquina, que não tem eficácia comprovada contra a Covid-19, circula em Taquara, município do Vale do Paranhana, um receituário impresso e patrocinado com remédios que compõem o chamado “kit covid”. No documento, constam, além da hidroxicloroquina, a ivermectina, a azitromicina, e outros quatro remédios que não inibem o coronavírus. O receituário tem a chancela de um conselho de médicos da cidade e conta com o apoio de comércios. À reportagem de GZH, as empresas alegaram que doaram valores para uma campanha de conscientização sobre o vírus e que não tinham conhecimento da confecção do folheto. 

Barrado outra vez, Grêmio vê suspeita de surto aumentar – Por precaução, o Grêmio afastou o lateral Victor Ferraz e o zagueiro Emanuel da sua delegação que joga pela Libertadores amanhã. Apesar de terem testado negativo para Covid-19, ambos queixaram-se de sintomas compatíveis com o coronavírus e retornaram a Porto Alegre em um voo sanitário, acompanhados do goleiro Paulo Victor e do lateral Vanderson, que tiveram o diagnóstico confirmado um dia antes. No clube, o técnico Renato Portaluppi também está com Covid-19 e sequer embarcou para a viagem. O Tricolor encara o Independiente del Valle, do Equador, amanhã, mas no Paraguai após medidas das autoridades locais. Foi o segundo jogo como visitante do Grêmio que acabou transferido em razão da pandemia. Na fase anterior, o Ayacucho, do Peru, precisou receber a equipe gaúcha no Equador.

Vacina, sim!

Idosos de 64 anos começam a ser vacinados contra a Covid-19 hoje em Porto Alegre. A imunização ocorre nas 38 unidades de saúde de referência das 8h às 17h, e em três drive-thrus, das 9h às 17h. Lembrando que para se vacinar é  necessário apresentar documento de identidade com CPF e comprovante de residência na Capital. 

Outros links:

  • Uma nova etapa da pesquisa Epicovid19-RS irá começar amanhã. Até a próxima segunda, os voluntários visitarão 500 casas em nove cidades gaúchas para recolher informações sobre a pandemia.
  • Em carta aberta ao governador Eduardo Leite, trabalhadores da educação pediram prioridade na vacinação contra a Covid-19. O documento foi entregue durante um ato realizado no Palácio Piratini.
  • As prisões relacionadas a casos de violência doméstica aumentaram 375% durante o primeiro trimestre. Segundo a Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher, 38 pessoas foram detidas no período.
  • A UFRGS deverá ser a responsável pela realização do laudo definitivo das condições do Esqueletão (🔒). O documento apontará se o prédio será revitalizado ou demolido.
  • Os vereadores de Porto Alegre mantiveram o veto da Prefeitura ao projeto que previa o uso do cartão TRI vale-transporte em lotações. Entre as justificativas, o texto visava diminuir a lotação no transporte público.
  • Na mira da Prefeitura para ser privatizada, a Carris acumulou um déficit de 345 milhões de reais ao longo de dez anos.
  • Até o fim do ano, sete portais do Guaíba, na Zona Sul, serão revitalizados e terão uma rota para passeios de bicicleta (🔒). A iniciativa, em parceria com o centro médico Prontosul, será formalizada no sábado.
  • Um grupo de recicladores autônomos realizou um protesto em frente à sede da Cootravipa, em Porto Alegre. Os manifestantes alegaram que tiveram materiais apreendidos, além de veículos multados pela EPTC.
  • A Renner irá doar 1,2 milhão de reais (🔒) para a construção da nova fábrica do Instituto Butantan. O local, em São Paulo, terá 7 mil metros quadrados e será quatro vezes maior do que a planta atual.
  • O programa Farmácia Solidária, que incentiva a doação de remédios não usados pela população, foi aprovado pela Câmara de Canoas. A ideia é assegurar que a iniciativa funcione como um serviço complementar à assistência farmacêutica.

Cultura

Grazia respira a liberdade

Foto: Petra Belas Artes à la Carte/Divulgação

Dirigido por Emanuele Crialese, o drama italiano Respiro acompanha Grazia (Valeria Golino), bela e emocionalmente instável mãe de três filhos que mora com o marido, o pescador Pietro (Vincenzo Amato), em uma ilha na Itália. Como todas as demais mulheres da localidade, Grazia trabalha na limpeza dos peixes que os homens trazem diariamente. De espírito libertário, a jovem matriarca apenas se permite tomar banhos de mar nua, para escândalo dos ilhéus e de sua família. Leia a resenha de Roger Lerina.

Agenda (🔒)

Para receber todas as dicas culturais do Roger Lerina enviadas aos assinantes premium do Matinal, assine aqui.

E mais.

Receba a agenda completa


Você viu?

Sem a possibilidade de realizar o evento de forma presencial por conta da pandemia da Covid-19, a Unesp organizou a sua 3ª Feira do Livro como uma edição totalmente virtual. A ideia facilita o alcance do público, que poderá comprar qualquer obra com no mínimo 50% de desconto. Até em função do distanciamento, a duração da feira foi ampliada, passando a ter sete dias, com o término marcado para o próximo domingo. Os interessados podem entrar no site da Unesp e escolher as editoras preferenciais. A partir daí, os leitores serão direcionados para uma página exclusiva com informações da fornecedora, contatos diretos e links das redes sociais. Lá, constam os livros disponíveis e os preços com desconto.

Receba de segunda a sexta a Matinal News, a newsletter que traz as principais notícias e eventos de Porto Alegre e do RS.