Matinal News

Coronavírus dá sinal de leve desaceleração

Change Size Text
Coronavírus dá sinal de leve desaceleração

A situação ainda é de colapso no sistema de saúde. Porém, de uma forma lenta e gradual, a pandemia do coronavírus dá sinais de recuo em Porto Alegre. As UTIs dos hospitais gaúchos voltaram a operar com menos de 100% de ocupação desde a semana passada, enquanto, na Capital, esse índice estava em média em 103,4% – já um pouco distante dos 115% atingidos dias antes. Além disso, pela segunda semana consecutiva, a redução da presença do vírus foi identificada nos dois principais pontos de coleta no esgoto de Porto Alegre, resultados que “dão margem a otimismo”, conforme comentou a virologista Aline Campos, chefe de Vigilância Ambiental em Saúde do CEVS, a GZH. Entretanto, ela adverte, basta as aglomerações aumentarem para surgir um novo ciclo infeccioso.

Para 60% dos porto-alegrenses, a pandemia vai piorar – Apesar dos indícios de desaceleração, um estudo realizado pelo Clube da Opinião (CDO) mostrou que 60% dos porto-alegrenses acreditam que o número de casos e mortes por Covid-19 vai piorar na Capital. A pesquisa, elaborada em parceria com o Coletivo Porto Alegre Inquieta, também levantou que 56% da população é favorável à abertura do comércio não essencial, enquanto 32% é contra. Sobre o sistema de cogestão, 43% dos entrevistados dizem reprovar a medida, contra 37% que aprovam. O estudo apurou ainda que, para 62% dos moradores de Porto Alegre, a situação econômica piorou durante a pandemia, e que 91% dos entrevistados concordam que o auxílio emergencial deveria ser pago à população que precisa até as atividades econômicas voltarem ao normal. Este link tem o PDF completo da pesquisa.

Publicidade
Publicidade

Igrejas e cultos podem receber mais fiéis em período crítico da pandemia – Em cumprimento à decisão do ministro Kássio Nunes Marques, do STF, o Governo do Estado editou decreto na manhã deste domingo permitindo que templos religiosos possam funcionar com até 25% da capacidade nas regiões em bandeira preta ou vermelha do distanciamento controlado. Até então, as cerimônias podiam ocorrer com 10% de lotação máxima, limitado a 30 pessoas. A partir de amanhã, o RS entra na sexta semana consecutiva em bandeira preta, ainda que com o sistema de cogestão mantido. Conforme o Palácio Piratini, a análise dos 11 indicadores do modelo mostra que houve redução no número de pacientes com Covid-19 em leitos clínicos, além de leve queda no número de internados pela doença em leitos de UTI. O número de óbitos, porém, foi 16% maior que na semana anterior. A realização de atividades não essenciais entre 20h e 5h foi prorrogada até 9 de abril.

Paciente no RS com Covid-19 morre após fazer nebulização com hidroxicloriquina diluída – Lourenço Pereira, de 69 anos, morreu no Hospital de Caridade de Alecrim, cidade que faz fronteira com a Argentina, depois de ter feito quatro sessões de nebulização com hidroxicloroquina diluída. Os familiares afirmaram que não autorizaram o procedimento prescrito pelo médico Paulo Gilberto Dorneles, e fizeram uma denúncia ao Ministério Público. Mês passado, outros três pacientes nebulizados com hidroxicloroquina morreram em Camaquã. O tratamento, que já foi defendido pelo presidente Jair Bolsonaro, circulou no WhatsApp no final de março. Na semana passada, a Agência Lupa publicou esta checagem mostrando que a informação é falsa, e que uma série de organizações já havia alertado que a inalação do medicamento diluído com soro fisiológico é danosa ao sistema respiratório.

Viúva de João Alberto recusa indenização proposta pelo Carrefour – A viúva de João Alberto Freitas, homem negro espancado até a morte por seguranças de uma unidade do Carrefour em Porto Alegre em novembro passado, recusou a indenização proposta pela multinacional, e a discussão deve entrar em disputa judicial. A defesa de Milena Borges Alves entende que a quantia de 1 milhão de reais oferecida é insuficiente dado o histórico de indenizações da empresa, que em 2018 pagou o mesmo montante em um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) depois que um segurança da empresa ter causado a morte de um cachorro com golpes de barra de metal. Na época, o dinheiro foi destinado a um fundo público de ações de bem-estar animal. O advogado de Milena, Carlos Barata, disse a GZH que o caso do João Alberto “não é qualquer um existente no nosso ordenamento jurídico. É exceção à regra. Foi uma morte transmitida ao vivo, a sangue frio. Precisamos tratar esse caso como um marco, para que não ocorra mais”.

Vacina, sim!

A vacinação contra o coronavírus em Porto Alegre prossegue nas 38 unidades de saúde e três drive-thrus para idosos com 66 anos ou mais e aqueles que tomaram a primeira dose da CoronaVac há pelo menos 21 dias. Entre hoje e quinta-feira, profissionais da segurança pública também serão vacinados, divididos por instituição e faixa etária. Há um esquema especial para aplicação das doses, explicado neste link.

Outros links:

  • Na segunda Páscoa da pandemia, a comercialização de chocolates caiu 5% em supermercados gaúchos. As caixas de bombons passaram a ser o produto mais vendido neste ano.
  • O Laboratório Weinmann começou a aplicar um novo teste de RT-PCR (🔒), por saliva, sem a necessidade do desconforto do uso do swab, o cotonete que colhe material das vias respiratórias.
  • A Área Azul de Porto Alegre tem novos preços a partir de hoje. O custo para utilizar as vagas será de 1,15 real por 30 minutos, e assim progressivamente conforme o tempo de permanência.
  • Em entrevista à colunista Marta Sfredo (🔒), o presidente CEO da Equatorial Energia, nova dona da CEEE-D confirmou a intenção de fazer um programa de demissão voluntária na empresa.
  • Em uma série de leilões nesta semana, chamada de “Infra Week”, o Governo Federal deverá vender os aeroportos de Pelotas, Uruguaiana e Bagé, além do porto de Pelotas. 
  • A proposta que cria auxílio emergencial a grupos afetados pela pandemia no RS deve ser votada amanhã na Assembleia Legislativa. Apresentada pelo Piratini, a proposta visa repassar 130 milhões de reais.
  • Nomes como Alceu Moreira (MDB), Edegar Pretto (PT) e Manuela D’Ávila (PCdoB) já começam a ser especulados para a disputa do Piratini (🔒) no ano que vem.
  • A Fepam emitiu licença de instalação para a primeira usina de energia solar no RS, em Uruguaiana. O local receberá investimento de 20 milhões de reais e sua geração de energia poderia abastecer até 3,6 mil casas.
  • Esta análise mostra que os empregos com carteira assinada no Estado chegaram perto do nível anterior à pandemia.

Cultura

As quatro estações de Thiago Ramil

Foto: Geórgia Macedo/Divulgação

Cantor e compositor, Thiago Ramil acaba de lançar o primeiro volume de seu novo trabalho: um álbum visual que mergulha em suas narrativas e musicalidade, ancorado pelas nuances sonoras e cromáticas subliminares das estações do ano. São quatro EPs que serão lançados aos poucos durante abril. O resultado é um disco batizado com a união dos títulos dos quatro volumes: O sol marca o Andar do tempo e a Imensidão do universo Todo diaLeia a entrevista do artista com Roger Lerina.

Assinantes do Matinal recebem, além de uma série de conteúdos exclusivos, uma agenda cultural completa todas as manhãs. Apoie e saiba a programação cultural (virtual) da cidade!

Receba a agenda completa


Você viu?

Passado um ano da pandemia, já se sabe que as superfícies não são o principal meio de contaminação com o coronavírus. Ainda assim, tocar em lugares em que muita gente passou a mão pode ser um perigo. E uma das coisas mais compartilhadas na cidade é a bicicleta! Neste link, especialistas explicam como evitar a contaminação no uso dessas bikes. Spoiler: o já bom e velho paninho com álcool segue útil.

Receba de segunda a sexta a Matinal News, a newsletter que traz as principais notícias e eventos de Porto Alegre e do RS.