Matinal News

RS precisa aumentar ritmo de vacinação para cumprir meta

Change Size Text
RS precisa aumentar ritmo de vacinação para cumprir meta

Mesmo apontada internamente como conservadora, a meta de vacinar todos os adultos do Rio Grande do Sul com ao menos uma dose até o fim de setembro se apresenta como desafio. Com base em dados da Secretaria Estadual da Saúde, GZH estimou que será necessário ampliar o ritmo de aplicações em 85% para se cumprir o prazo. E nisso passarão fatores como disponibilidade de vacina e comparecimento da população. A média de doses administradas em maio – mês que ficou marcado por atraso na entrega nas remessas tanto do Butantan quanto da Fiocruz – ficou em 26,4 mil. Para cumprir o objetivo traçado para o fim de setembro, esse número precisa saltar para 48,8 mil. Ainda assim, diferentes entrevistados mantêm o otimismo com a estimativa. 

Porto Alegre tem casos de mistura de doses da vacina – Em meio à pressa para se vacinar mais, é necessário atenção. Ao menos 39 residentes em Porto Alegre receberam doses de fabricantes diferentes da vacina contra a Covid-19. São pessoas que, segundo o Ministério da Saúde, tiveram administrada primeiramente o imunizante AstraZeneca/Oxford e, depois, a CoronaVac – algo não recomendado nem por fabricantes nem pela Anvisa. Quem passou por esta situação terá que esperar por nova orientação do ministério. Coordenador da Vigilância em Saúde da Capital, Fernando Ritter, afirmou que não há até o momento registro de adversidades causadas por essa situação, mas recomendou que se preste atenção no momento da segunda dose. “Como queremos vacinar a todos o quanto antes, às vezes, a equipe pode se passar”, admitiu, ao Correio do Povo. Apesar de ser considerado hoje um erro, a mescla de diferentes vacinas é tema de estudos mundo afora. Resultados preliminares indicam que há segurança e eficácia.

Nova tarifa dos ônibus da Capital deve sair ainda em junho – Ainda neste mês a tarifa de Porto Alegre deverá ser reajustada. Ontem, a Prefeitura encaminhou ao Comitê Municipal de Serviços Urbanos (Comtu) a tarifa técnica de 5,20 reais. Isso não significa necessariamente que este será o custo da passagem – aliás, normalmente fica abaixo. O preço final será anunciado pelo prefeito Sebastião Melo (MDB) em cerca de 15 dias, conforme a jornalista Taline Oppitz. Atualmente a passagem custa 4,55 reais, e vale lembrar que ela não aumenta desde 2019 e ainda caiu em novembro do ano passado. As discussões sobre a tarifa, neste ano, tiveram mediação do Judiciário em um acordo que envolveu também aportes por parte do Município. A Associação dos Transportadores de Passageiros informou ao jornal Zero Hora que vai aguardar a posição do Comtu para se manifestar. O colegiado tem reunião marcada para 15 de junho. 

PP aposta em Heinze para tentar o governo do RS em 2022 – Luiz Carlos Heinze. Este é o nome que será trabalhado pelo PP para a próxima corrida eleitoral pelo cargo de governador do RS, em 2022. A garantia partiu do novo presidente da sigla em Porto Alegre, Vitinho Alcântara. A candidatura do senador é tratada como prioridade e o objetivo de Alcântara é fazer com que ele ganhe força junto aos eleitores da Capital, já que é visto como um “grande articulador de soluções”. Enquanto a articulação ganha fôlego, Heinze estará mais presente na vista de quem acompanha a CPI da Covid-19. O senador assumiu a vaga de titular na comissão no lugar de Ciro Nogueira (PP-PI), que estará fora do Brasil nesta semana. Heinze já participou de sessões anteriores, quando mentiu e distorceu dados ao defender o ineficaz e perigoso “tratamento precoce”.

Desligamentos da UFRGS geram protesto e entrega de documento com reivindicações – Após a manifestação do DCE, criticando o desligamento de 195 estudantes com matrículas provisórias na UFRGS, um grupo de alunos realizou um protesto em frente à reitoria. Cerca de 100 pessoas estiveram no local e entregaram um documento com reivindicações ao chefe de gabinete da reitoria, Paulo Mayorga. A decisão afeta principalmente estudantes cotistas, que aguardavam o término da avaliação para seguir na instituição. A Comissão Coordenadora de Ingresso em Cursos de Graduação alegou que não houve desligamentos no fim do semestre 2020/1 e, por isso, no período seguinte, alguns vínculos foram descontinuados. Além disso, a universidade explicou que há candidatos que não entregaram a documentação necessária. Por outro lado, os alunos afirmaram que há um problema de comunicação com a UFRGS e que muitos não conseguiram acesso à notificação pedindo a comprovação de dados exigidos pelo edital. As mensagens estariam caindo em caixas de spam do e-mail ou ficam no portal da universidade, junto a outras demandas universitárias.

Vacina, sim!

A vacinação contra a Covid-19 avança para mais uma faixa etária hoje em Porto Alegre. A partir desta terça, podem se vacinar aqueles que tenham a partir de 57 anos, mesmo sem comorbidades. A imunização também abrangerá profissionais da educação do ensino médio estadual e os públicos que já vinham sendo atendidos anteriormente. O serviço completo está neste link.

Outros links:


O preço da cerveja

Estávamos com saudade da Nathallia Protazio, e vocês? Na crônica de hoje, ela traz algumas verdades sobre o machismo nosso de cada dia. 

”Moço, o que você tem aí de cerveja?” Ele começou a dar a lista das garrafas disponíveis olhando pro Namorado. Na hora que ele ia engatar a frase pronta da promoção do dia eu soltei com uma risada, ”Moço, pode falar pra gente, só nós duas vamos beber.” Ele ignorou a nova informação e continuou, ”Hoje pedindo duas duplo malte a terceira sai pela metade do preço”. 

Leia a crônica completa aqui.


Cultura

A vida passa na tela do Cine Marrocos

Kouotou Yamaya. Foto: Loiro Cunha/Divulgação

Dirigido por Ricardo Calil, o documentário Cine Marrocos (2018) mostra brasileiros sem-teto, imigrantes latino-americanos e refugiados africanos – moradores do histórico cinema de São Paulo – que recriam cenas de filmes clássicos, exibidos mais de 60 anos antes no local. Em entrevista a Roger Lerina, o diretor reflete sobre o flerte do documentário com a ficção – e vice-versa – e adianta seu próximo projeto: “Um documentário sobre um coveiro aqui de São Paulo, chamado Osmair Cândido, mais conhecido como Fininho, que tem uma particularidade: ele é formado em filosofia”. Leia aqui.

Agenda (🔒)

Para receber todas as dicas culturais do Roger Lerina enviadas aos assinantes premium do Matinal, assine aqui.

Duas importantes vozes da literatura contemporânea, Aline Bei (SP) e Isadora Salazar (PA) participam, às 15h, de bate-papo literário promovido pelo Sesc São Leopoldo, com mediação da livreira Nanni Rios.

O escritor Pedro Gonzaga conversa com Roger Lerina em mais uma edição do projeto Adaptação – Entre a Literatura e o Cinema, do Instituto Ling, às 19h. O tema é Lavoura Arcaica, de Raduan Nassar, que foi para as telonas com direção de Luiz Fernando Carvalho.

Às 21h, a série Autores do Sarau Elétrico apresenta Aldir Blanc, tendo como convidados o músico Arthur de Faria e a atriz Áurea Baptista.
E mais.

Receba a agenda completa

Agenda do Porto Verão Alegre 2021

Comédia stand up de Nelly Coelho e Rodrigo Kão, o espetáculo Preta no Branco – O Show será exibido hoje, às 20h.

O ator Oscar Smich volta a encenar a comédia dramática Curiosa Mente, às 20h.

Stand Up Bagual do Gaudêncio, de Cris Pereira, encerra temporada no festival, 20h.

Ingressos à venda no site do festival.


Você viu?

Apenas um metro quadrado e 56 espécies de vegetação, sendo 54 nativas. Esse foi um dos achados de pesquisadores da UFRGS em uma propriedade rural voltada para a pecuária em Quaraí. Estudos da universidade têm descoberto altos índices de biodiversidade no Pampa, bioma que ocupa a Metade Sul do RS e parte dos territórios da Argentina e Uruguai. “A maioria das pessoas associa a biodiversidade às florestas tropicais, não aos campos, e isso se reflete em poucas políticas públicas voltadas a vegetações campestres”, observa o professor e pesquisador na área de Botânica e Ecologia Vegetal na UFRGS, Gerhard Overbeck. Ainda que o caso encontrado em Quaraí seja um recorde, é comum detectar de 30 a 35 espécies no mesmo espaço, números bem superiores aos registrados no Cerrado e no Pantanal, por exemplo.

Receba de segunda a sexta a Matinal News, a newsletter que traz as principais notícias e eventos de Porto Alegre e do RS.