Assessoria de Imprensa

Matinal Jornalismo vence prêmio de imprensa do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do RS

Change Size Text
Matinal Jornalismo vence prêmio de imprensa do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do RS

Com trabalho reconhecido pelo CAU, jornal ainda pode receber mais uma premiação em cerimônia marcada para 25 de novembro

O Matinal Jornalismo recebeu do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Rio Grande do Sul o Prêmio CAU/RS na categoria Imprensa – Pessoa Jurídica. O resultado foi divulgado nesta terça, dia 10 de novembro de 2021. A entrega dos troféus e homenagens aos premiados está marcada para o dia 25, em cerimônia realizada na Associação Cultural Vila Flores, em Porto Alegre.

Ao premiar o Matinal, o Conselho destacou o trabalho publicado e veiculado nas mídias próprias. “O Grupo Matinal tem realizado importantes matérias tanto relativas à cultura – na qual se inclui arquitetura e patrimônio cultural – quanto às questões urbanas das cidades gaúchas. As matérias são realizadas com destacado trabalho investigativo e trazem diferentes pontos de vista sobre os fatos noticiados”, ressalta o CAU-RS.

“Recebemos a notícia desta premiação como um reconhecimento do impacto do nosso trabalho, que se propõe discutir de perto as questões da nossa cidade”, afirma o editor da newsletter Matinal, Tiago Medina. “Arquitetura, urbanismo, transformação, mobilidade, habitação são pautas que nos são caras e nas quais nos esforçamos para levar o melhor conteúdo possível ao nosso leitor, por isso a premiação do CAU-RS foi bastante festejada pela equipe do Matinal”, conclui.

Os premiados foram escolhidos pelos membros do Conselho. Agora o Matinal concorre com outros sete laureados o Prêmio Destaque do CAU, que em 2021 homenageia Clovis Ilgenfritz da Silva. O grande vencedor, que será divulgado no dia da entrega das premiações, vai ser eleito pelo voto dos arquitetos com registro no CAU-RS.

Além do Matinal, também são finalistas ao Prêmio Destaque do CAU: Geraldo Da Camino (Poder Público – Pessoa Física), Ministério Público do RS (Poder Público – Pessoa Jurídica), Ignacio Maria Benites Moreno e Cristina Cordovero Moreno (Iniciativa Privada – Pessoa Física), Associação Cultural Vila Flores (Iniciativa Privada – Pessoa Jurídica), Santiago (Imprensa – Pessoa Física), Comunidade Autônoma Utopia e Luta (Movimentos Sociais – Pessoa Jurídica) e Jacqueline Custódio (Movimentos Sociais – Pessoa Física).

ASSINE E GANHE UMA EDIÇÃO HISTÓRICA DA REVISTA PARÊNTESE.
ASSINE E GANHE UMA EDIÇÃO HISTÓRICA DA REVISTA PARÊNTESE.