Ensaios Fotográficos

Um mais um vale mais do que dois

Change Size Text
Um mais um vale mais do que dois
O ano era 2011. O projeto chamava-se Cataforte II – Logística Solidária. Então, a serviço do Movimento Nacional de Catadores e Catadoras de Materiais Recicláveis (MNMR/RS) e da Fundação Luterana de Diaconia (FLD), lá foi o Carlos Edler, com sua máquina fotográfica e, o mais importante, seu olhar atento e sensível. Percorrendo as cidades de Porto Alegre, Cachoeira do Sul, Gravataí e Santa Cruz do Sul, Carlos tinha como objetivo captar imagens que revelassem avanços nas condições de trabalho dos catadores graças aos esforços de união e organização. Em outras palavras, precisava registrar evidências de que a sabedoria popular está coberta de razão quando nega o individualismo de nossos tempos e diz que “a união faz a força” porque “um mais um vale mais do que dois”. Carlos atingiu seu objetivo, conforme o leitor está prestes a verificar neste ensaio fotográfico. Aliás, penso que ele conseguiu mais do que pretendia. Muito mais. E não poderia ser diferente, porque é assim mesmo que acontece quando tiramos as vendas e lançamos os olhos sobre o humano: sempre vemos muito mais do que esperávamos. José Falero

Quer ter acesso a conteúdo exclusivo?


Assine o Premium
ou faça login

Você também pode experimentar nossas newsletters por 15 dias!

Experimente grátis as newsletters do Grupo Matinal!

marca-parentese

Abra um parêntese no seu fim de semana com jornalismo e boas histórias. Deixe seu email e receba toda semana as newsletters da revista Parêntese.

Receba de segunda a sexta a Matinal News, a newsletter que traz as principais notícias e eventos de Porto Alegre e do RS.