Folhetim

Duas Vanusas – Capítulo 5: A visita

Change Size Text
Duas Vanusas – Capítulo 5: A visita

A tia se assustou. Daí depois entrou correndo e abraçou o papai. Eu não sabia que o papai tava em casa. Quando a gente foi pro mercado ele não tava lá e depois tava. Ele disse que tinha vindo fazer uma surpresa de domingo e não tinha ninguém em casa, aí ele ficou lá esperando. O papai me deu um abraço bem apertado e disse que eu tô bem grandinha. Eu sei, já tenho quatro anos e já sei um monte de coisa. Contei que a gente comprou Marta Rocha pra comer de almoço e cachorro-quente e que a gente tem uma galinha, ela se chama Vanusa, igual à tia só que diferente, que o mano penteou meu cabelo, que eu mexi na mala da tia, que ela não gostou e eu pedi desculpas e que a mamãe foi viajar pra encontrar com ele.

Cadê a Ana?

[Continua...]

O acesso a esse conteúdo é exclusivo aos assinantes premium do Matinal. É nossa retribuição aos que nos ajudam a colocar em prática nossa missão: fazer jornalismo e contar as histórias de Porto Alegre e do RS.

 

 
 
 

 

 

 

 
 
 

 

 
conteúdo exclusivo
Revista
Parêntese


A revista digital Parêntese, produzida pela equipe do Matinal e por colaboradores, traz jornalismo e boas histórias em formato de fotos, ensaios, crônicas, entrevistas.

Quer ter acesso ao conteúdo exclusivo?

Assine o Premium

Você também pode experimentar nossas newsletters por 15 dias!

Experimente grátis as newsletters do Grupo Matinal!

A tia se assustou. Daí depois entrou correndo e abraçou o papai. Eu não sabia que o papai tava em casa. Quando a gente foi pro mercado ele não tava lá e depois tava. Ele disse que tinha vindo fazer uma surpresa de domingo e não tinha ninguém em casa, aí ele ficou lá esperando. O papai me deu um abraço bem apertado e disse que eu tô bem grandinha. Eu sei, já tenho quatro anos e já sei um monte de coisa. Contei que a gente comprou Marta Rocha pra comer de almoço e cachorro-quente e que a gente tem uma galinha, ela se chama Vanusa, igual à tia só que diferente, que o mano penteou meu cabelo, que eu mexi na mala da tia, que ela não gostou e eu pedi desculpas e que a mamãe foi viajar pra encontrar com ele.

Cadê a Ana?

[Continua...]

O acesso a esse conteúdo é exclusivo aos assinantes premium do Matinal. É nossa retribuição aos que nos ajudam a colocar em prática nossa missão: fazer jornalismo e contar as histórias de Porto Alegre e do RS.

 

 
 
 

 

 

 

 
 
 

 

 
conteúdo exclusivo
Revista
Parêntese


A revista digital Parêntese, produzida pela equipe do Matinal e por colaboradores, traz jornalismo e boas histórias em formato de fotos, ensaios, crônicas, entrevistas.

Quer ter acesso ao conteúdo exclusivo?

Assine o Premium

Você também pode experimentar nossas newsletters por 15 dias!

Experimente grátis as newsletters do Grupo Matinal!

marca-parentese

Abra um parêntese no seu fim de semana com jornalismo e boas histórias. Deixe seu email e receba toda semana as newsletters da revista Parêntese.

Escolhe um dos combos

Pagamento exclusivo via cartão de crédito