Arthur de Faria, Porto Alegre: uma biografia musical

Capítulo LXIV – Um milhão de melódicos melodiosos – ou: os anos de transição (Parte 10)

Change Size Text
Capítulo LXIV – Um milhão de melódicos melodiosos – ou: os anos de transição (Parte 10)

Peixoto Primo não ficou muito tempo no Conjunto Flamingo.

No seu lugar entrou mais um rio-grandino, Heitor Hilt Barbosa 19/03/1938). Heitor já tinha lançado um disco como líder de seu próprio melódico em 1959, comprou seu vibrafone em 1962, tocou com o Flamingo em 1963 e depois militou nas hostes de Norberto Baldauf de 1964 a 1980. Nesse meio tempo, participou de dois discos do Primo Quintet e assinou a trilha sonora – lançada pela Continental em LP – do longa-metragem Negrinho do Pastoreio, dirigido por Antonio Augusto Fagundes e estrelado por Grande Otelo, em 1973. Tocou teclados até com o fenômeno regionalista José Mendes e lançou alguns CDs independentes de alta rotação… nos anos finais da sonoridade clássica da Guaíba FM de Porto Alegre. 


Voltemos a Primo. 

[Continua...]

O acesso a esse conteúdo é exclusivo aos assinantes premium do Matinal. É nossa retribuição aos que nos ajudam a colocar em prática nossa missão: fazer jornalismo e contar as histórias de Porto Alegre e do RS.

 

 
 
 

 

 

 

 
 
 

 

 
conteúdo exclusivo
Revista
Parêntese


A revista digital Parêntese, produzida pela equipe do Matinal e por colaboradores, traz jornalismo e boas histórias em formato de fotos, ensaios, crônicas, entrevistas.

Quer ter acesso a conteúdo exclusivo?


Assine o Premium

Você também pode experimentar nossas newsletters por 15 dias!

Experimente grátis as newsletters do Grupo Matinal!

marca-parentese

Abra um parêntese no seu fim de semana com jornalismo e boas histórias. Deixe seu email e receba toda semana as newsletters da revista Parêntese.

Receba de segunda a sexta a Matinal News, a newsletter que traz as principais notícias e eventos de Porto Alegre e do RS.