Porto Alegre: uma biografia musical

Capítulo LXXI – Um milhão de melódicos melodiosos – ou: os anos de transição (Parte 17)

Change Size Text
Capítulo LXXI – Um milhão de melódicos melodiosos – ou: os anos de transição (Parte 17) Renato & Seu Sexteto
Voltando ao pago e a 1959, chegou a hora do Renato & Seu Sexteto mostrar seu valor.

Jayme Machado no acordeon, Manuel Pereira de Souza, o Maneca, no piano, Gilberto Brodt na guitarra, Luiz Carlos Ballista no baixo, Renato na bateria, Gilberto Benati na percussão. Assim começaram, numa formação clássica de conjunto melódico.

Sobre o grupo há muitas histórias. Renato – aliás, Renato Maciel de Sá Júnior – era um multi-homem: baterista, advogado, executivo e autor da série de livros Anedotário da Rua da Praia, sucesso de vendas na Porto Alegre dos anos 1980. Nascido carioca, em 27 de abril de 1941, Renato veio para Porto Alegre ainda moço. 

Renato

Era um sujeito cheio de causos pra contar – o que o fez até sua morte, dia 30 de julho de 1992.



Anedotários: as melhores histórias desse lugar e esse momento

[Continua...]

O acesso a esse conteúdo é exclusivo aos assinantes premium do Matinal. É nossa retribuição aos que nos ajudam a colocar em prática nossa missão: fazer jornalismo e contar as histórias de Porto Alegre e do RS.

 

 
 
 

 

 

 

 
 
 

 

 
conteúdo exclusivo
Revista
Parêntese


A revista digital Parêntese, produzida pela equipe do Matinal e por colaboradores, traz jornalismo e boas histórias em formato de fotos, ensaios, crônicas, entrevistas.

Quer ter acesso ao conteúdo exclusivo?

Assine o Premium

Você também pode experimentar nossas newsletters por 15 dias!

Experimente grátis as newsletters do Grupo Matinal!

Escolhe um dos combos

Pagamento exclusivo via cartão de crédito