Música, Reportagens

Bel_Medula lança “Semente”

Change Size Text
Bel_Medula lança “Semente” Bel_Medula. Foto: Alfamor

Nesta sexta-feira (11/6), a multiartista Isabel Nogueira lança nas plataformas digitais o novo trabalho do projeto solo Bel_Medula. Com 12 faixas, Semente apresenta as investigações da cantora e compositora em torno da voz como instrumento a partir de procedimentos da música experimental. “A ideia é poder construir diferentes camadas com a voz, mas não necessariamente formando uma harmonia, e sim texturas. Busco timbres e escolho como vou gravar e manipular os vocais”, conta.

Capa de “Semente”, de Bel_Medula. Arte: Alfamor

Com capa assinada por Alfamorrelembre a entrevista com a artista polimorfa –, Semente começou a ser produzido em fevereiro de 2020, ainda com encontros presenciais. Desde então, ao longo da pandemia, gravações individuais foram realizadas por Bel_Medula e seus parceiros no álbum: Bruno Vargas (baixo), João Pedro Cé (guitarra), Lucas Giorgetta (bateria), Luciano Zanatta (sax, guitarra, baixo, sintetizadores, samplers e percussão eletrônica) e Pedro Nogueira (guitarra).

Foto: Alfamor

“Gosto de pensar a composição, a edição, a gravação, a mixagem e a masterização como partes do processo criativo. Muitas vezes as pessoas não conhecem mulheres que trabalham com essas questões mais técnicas. Acho importante marcar essa presença”, conta a pelotense Bel_Medula, que concilia a atuação como artista e produtora musical com a docência no curso de Música da UFRGS, onde coordena o grupo de pesquisa “Sônicas: gênero, corpo e música”.

“Se vamos numa universidade e vemos que a grande maioria de compositores, intérpretes, arranjadores, instrumentistas, produtores é de homens, como as mulheres vão dizer que podem pertencer àquele lugar?”, indaga a artista, que é doutora em musicologia pela Universidade Autônoma de Madri e foi mentora da Residência Concha, em 2019, entre outras iniciativas voltadas à presença das mulheres no meio musical.

As reflexões sobre gênero também fazem parte das composições de Semente, como em Dona Quixota. Com arranjos de saxofone, a música aborda padrões de comportamento impostos às mulheres. O clipe da faixa, assim como os demais vídeos do álbum, é fruto da parceria de Bel_Medula com Rieg Rodig, artista americano radicado em João Pessoa (PB).

Já em Os Ouvidos Têm Parede, a temática da escuta ganha evidência, na visão de Bel_Medula, “uma espécie de caminho guiado que exige uma abertura dos sentidos e uma disponibilidade para se deixar levar”.

Enquanto outros artistas evitam definir suas obras, Bel_Medula gosta de explorar as constelações de palavras que conceituam sua produção artística. “Tenho pensado em chamar de canção-eletrônica-experimental, sem muita convicção ainda, porque às vezes crio mantras, sem a estética da canção. Talvez pudesse dizer que é canção-mântrica-eletrônica-experimental, mas fica enorme”, diverte-se.

Gostou desta reportagem? Garanta que outros assuntos importantes para a sociedade gaúcha sejam abordados: seja nosso assinante.

Reportagens investigativas e de grande importância para a democracia como esta só são possíveis graças ao investimento dos nossos assinantes premium. Além disso, os nossos assinantes premium têm acesso a todo o conteúdo do Roger Lerina, à revista Parêntese, à versão completa da NewsMatinal, a descontos nos nossos cursos e a muito mais. Com o preço de dois cafezinhos por dia você tem mais informação, cultura e ainda ajuda o jornalismo local independente. Assine!
Se você já é assinante, obrigada por estar conosco no Grupo Matinal Jornalismo! Faça login e tenha acesso a todos os nossos conteúdos.

Compartilhe esta reportagem em suas redes sociais!
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on email
Se você já é assinante, obrigada por estar conosco no Grupo Matinal Jornalismo! e tenha acesso a todos os nossos conteúdos.

Compartilhe esta reportagem em suas redes sociais!
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on email
Gostou desta reportagem? Garanta que outros assuntos importantes para a sociedade gaúcha sejam abordados: seja nosso assinante.

Reportagens investigativas e de grande importância para a democracia como esta só são possíveis graças ao investimento dos nossos assinantes premium. Além disso, os nossos assinantes premium têm acesso a todo o conteúdo do Roger Lerina, à revista Parêntese, à versão completa da NewsMatinal, a descontos nos nossos cursos e a muito mais. Com o preço de dois cafezinhos por dia você tem mais informação, cultura e ainda ajuda o jornalismo local independente. Assine!
Se você já é assinante, obrigada por estar conosco no Grupo Matinal Jornalismo! e tenha acesso a todos os nossos conteúdos.

Compartilhe esta reportagem em suas redes sociais!
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on email

Gostou desta reportagem? Ela é possível graças a sua assinatura.

O dinheiro investido por nossos assinantes premium é o que garante que possamos fazer um jornalismo independente de qualidade e relevância para a sociedade e para a democracia. Você pode contribuir ainda mais com um apoio extra ou compartilhando este conteúdo nas suas redes sociais.
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on email
Se você já é assinante, obrigada por estar conosco no Grupo Matinal Jornalismo! e tenha acesso a todos os nossos conteúdos.

Compartilhe esta reportagem em suas redes sociais!
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on email
Gostou desta reportagem? Garanta que outros assuntos importantes para a sociedade gaúcha sejam abordados: seja nosso assinante.

Reportagens investigativas e de grande importância para a democracia como esta só são possíveis graças ao investimento dos nossos assinantes premium. Além disso, os nossos assinantes premium têm acesso a todo o conteúdo do Roger Lerina, à revista Parêntese, à versão completa da NewsMatinal, a descontos nos nossos cursos e a muito mais. Com o preço de dois cafezinhos por dia você tem mais informação, cultura e ainda ajuda o jornalismo local independente. Assine!
Se você já é assinante, obrigada por estar conosco no Grupo Matinal Jornalismo! e tenha acesso a todos os nossos conteúdos.

Compartilhe esta reportagem em suas redes sociais!
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on email
RELACIONADAS

Quer saber tudo sobre cultura e eventos em Porto Alegre e no RS? Então assine a newsletter do Roger Lerina e receba as dicas no seu e-mail!

Receba de segunda a sexta a Matinal News, a newsletter que traz as principais notícias e eventos de Porto Alegre e do RS.