Música, Notas

Caetano Veloso, Gal Costa, Gilberto Gil e Maria Bethânia em “Outros (doces) Bárbaros”

Change Size Text
Caetano Veloso, Gal Costa, Gilberto Gil e Maria Bethânia em “Outros (doces) Bárbaros” Foto: Biscoito Fino/Divulgação

Em dezembro de 2002, depois 26 anos, os quatro baianos – Caetano Veloso, Gal Costa, Gilberto Gil e Maria Bethânia – se reuniram novamente como Doces Bárbaros para dois shows ao ar livre, em São Paulo e no Rio de Janeiro. O reencontro histórico foi registrado no espetáculo que aconteceu na Praia de Copacabana (RJ) e se transformou no filme documental Outros (doces) Bárbaros, dirigido por Andrucha Waddington.

O encontro fez parte da série Pão Music, do grupo Pão de Açúcar, e reuniu cerca de cem mil pessoas só no Rio, em um cenário de cartão-postal. A partir deste sábado (19/9), o filme estará disponível na íntegra no Canal da Biscoito Fino no YouTube, pela primeira vez em formato HD.

Lançado em 2004 no formato DVD (numa parceria da Conspiração Filmes com a Biscoito Fino), o repertório do memorável reencontro dos baianos em cena inclui clássicos como Exotérico (Gilberto Gil),  Os mais Doces Bárbaros (Caetano Veloso), Fé cega, faca amolada (Milton Nascimento/Ronaldo Bastos), O seu amor (Gil), São João Xangô Menino (Caetano Veloso), Chuckberry fields forever (Gilberto Gil), Um índio (Caetano Veloso), além de uma canção que Gil compôs para o reencontro, chamada Outros Bárbaros.

Cada qual cantou duas músicas dos discos que lançaram na época e o documentário registra ainda ensaios, bastidores da produção, entrevistas com os quatro e ainda trechos da coletiva de imprensa que precedeu os shows, no Rio de Janeiro.

Foto: Biscoito Fino/Divulgação
RELACIONADAS

Quer saber tudo sobre cultura e eventos em Porto Alegre e no RS? Então assine a newsletter do Roger Lerina e receba as dicas no seu e-mail!

Receba de segunda a sexta a Matinal News, a newsletter que traz as principais notícias e eventos de Porto Alegre e do RS.