Edital, Notas, Teatro

Goethe-Institut Porto Alegre e SESC/RS lançam Edital Transit 2021

Change Size Text
Goethe-Institut Porto Alegre e SESC/RS lançam Edital Transit 2021 Espetáculo "As Trevas Ridículas”, do diretor Alexandre Dill/Divulgação

Neste mês de julho o Goethe-Institut Porto Alegre, em parceria com o Festival Palco Giratório do SESC/RS, retoma o projeto TRANSIT pela quinta vez. No ano de 2021, o edital, intitulado TRANSIT – Experimentos Cênicos Virtuais, abre seleção para duas encenações virtuais do texto teatral Bookpink, de Caren Jeß.

O edital está disponível a partir de 8 de julho, no site www.goethe.de/portoalegre. As inscrições estarão abertas de 29 a 31 de julho, pelo e-mail [email protected]. A seleção ocorrerá no dia 9 de agosto, com divulgação dos resultados dia 10 de agosto através dos canais Instagram e Facebook do Goethe-Institut Porto Alegre. 

Em suas quatro primeiras edições, em 2017, 2018, 2019 e 2020, o Goethe-Institut Porto Alegre e o Palco Giratório apresentaram, respectivamente, as encenações dos textos As Trevas Risíveis (Die Lächerliche Finsternis), do alemão Wolfram Lotz; Tremor (Beben), de Maria Milisavljevic, Tocar Paraíso (Paradies Spielen) de Thomas Köck e Wonderland Ave de Sibylle Berg

Em 2021, pela primeira vez, a seleção contemplará exclusivamente propostas para a montagem virtual do texto Bookpink, abrindo as portas para os diversos formatos criativos que surgiram nos últimos meses. Assim, artistas podem explorar essa diversidade de formatos e novos desafios do teatro em tempos pandêmicos. 

As montagens virtuais selecionadas terão estreia no 15° Festival Palco Giratório do SESC/RS, em outubro de 2021. O portal AGORA Crítica Teatral acompanhará as estreias e cada uma das encenações será contemplada com um texto realizado colaborativamente entre Michele Rolim (crítica e editora do AGORA Crítica Teatral) e Leandro Silva (colaborador do AGORA Crítica Teatral).   

Sobre o texto

A peça Bookpink (em dialeto plattdeutsch “Buchfink” –  “Pássaro Tentilhão”), de Caren Jeß, expõe abismos humanos, estruturas sociais e debates atuais em estilo de fábula através de um complexo conjunto de personagens animais. O pavão encardido pode ser considerado prejudicado desde quando sua mãe se desfez de seu ovo na floresta. Ainda assim, ele nasce e torna-se um criminoso. Totalmente imundo, ninguém vê sua beleza. O pardal, o imbecil, o ridiculariza. O abutre, por outro lado, adorado como deus pelos passarinhos, mantém-se em um silêncio sinistro e está principalmente atrás de grana. Os flamingos, que a mãe corvo comprou como brinquedos para a criança corvo, estão cansados de andar em círculos. Veroniko, o chapim do brejo, não quer ser reduzida à sua beleza. O galo e a galinha caem na armadilha de um peru esotérico, e o pombo no lixo sonha com a opulência barroca. Com esses personagens, Jeß cria um cenário de tensão que espelha conflitos e dilemas da sociedade em uma atmosfera de fábula protagonizada pelos animais.  

RELACIONADAS

Escolhe um dos combos

Pagamento exclusivo via cartão de crédito