Matinal News

Com primeiras doses da Pfizer e novo lote da AstraZeneca, RS deve avançar na imunização de pessoas com comorbidades

Change Size Text
Com primeiras doses da Pfizer e novo lote da AstraZeneca, RS deve avançar na imunização de pessoas com comorbidades

O Governo do Estado informou ontem que a maior parte das vacinas contra a Covid-19 que chegaram ao Rio Grande do Sul nos últimos dias será usada para avançar na vacinação de pessoas com comorbidades. Só ontem, chegaram 458.614 doses de AstraZeneca/Fiocruz e 32.760 da Pfizer. Com esse reforço, a expectativa é vacinar todo o grupo das comorbidades ainda em maio, afirma a secretária estadual da Saúde, Arita Bergmann. Já a remessa de 31.780 doses da Coronavac será destinada para a segunda aplicação em pessoas que receberam a primeira há 28 dias ou mais. Ontem, em Porto Alegre, houve confusão nos postos devido a uma mudança de última hora. Inicialmente, seria imunizado quem tem entre 55 e 59 anos e uma ou mais comorbidades, mas a orientação mudou para a faixa etária de 58 e 59 anos a fim de evitar aglomerações, o que levou algumas pessoas que estavam na fila a serem mandadas de volta para casa.

Encontro para mediar volta às aulas acaba sem acordo – Terminou sem acordo o encontro entre sindicatos de professores e o governo do Estado, que se reuniram ontem por quatro horas para tratar da retomada das aulas. Uma nova sessão de mediação ocorrerá nesta quarta-feira. Em assembleia, o Cpers descartou greve. Uma das demandas da entidade, a vacinação para professores sofreu uma derrota ontem, quando o ministro do STF Ricardo Lewandowski suspendeu a antecipação para esse grupo ao julgar caso no Rio de Janeiro. Enquanto isso, nas salas de aula da rede estadual gaúcha, o retorno teve movimento tranquilo em Porto Alegre. O calendário escalonado e o fato de que algumas escolas ainda não reabriram fizeram com que a volta dos estudantes fosse tímida. Por outro lado, as instituições privadas ampliaram as séries atendidas. Segundo o Colégio Rosário, que elaborou um revezamento para turmas do 3º ano do Fundamental até o 3º ano do Ensino Médio, a adesão foi de 90%.

Tendência é de queda nas mortes por Covid no RS, mas sistema segue pressionado – A trajetória de queda na média móvel de mortes por Covid-19 no RS completou um mês. O Estado chegou ontem a 25.165 óbitos desde o começo da pandemia. E pelo segundo mês consecutivo, registrou mais mortes por todas as causas do que nascimentos, segundo GZH. Apesar da tendência de redução ter sido confirmada, a pressão na rede de saúde segue. Um dos exemplos é Porto Alegre, em que a taxa média de lotação nas quatro UPAs e nas cinco emergências é superior a 130%. Já a taxa de ocupação nas UTIs da cidade apresentou estabilidade, mas em um patamar alto: 82,5%. Em outras partes do território gaúcho, o cenário não é diferente. Sete regiões Covid ainda têm mais pacientes do que leitos de UTI na rede privada. Mesmo com parte do setor sufocado, a prefeitura da Capital decidiu desativar o hospital de campanha localizado na Zona Sul. A medida foi tomada pela redução na demanda por internações de pacientes com coronavírus.

Post confuso da prefeitura sobre máscaras recebe críticas de racismo – Com o objetivo de incentivar o uso de máscaras, uma publicação feita pela Prefeitura de Porto Alegre no seu perfil do Instagram acabou recebendo críticas. Usando o saci-pererê colorado e o mosqueteiro tricolor, o conteúdo simula situações com e sem máscara e informa um percentual de chance de contaminação em cada uma. Para alguns seguidores, a postagem seria racista ao mostrar que o personagem gremista, de cor branca, teria mais imunidade sem máscara que o saci, negro. Em entrevista ao Correio do Povo, o professor da Ufrgs e médico do Hospital de Clínicas Marcelo Gonçalves acredita que as diferenças nos tipos de máscaras utilizadas pelos personagens poderiam explicar os índices, mas o post não deixa claro o material ou modelo de cada uma delas e acaba provocando confusão. Ele explica ainda que é difícil estimar percentuais sem considerar outras variáveis, como a ventilação do ambiente.

Vacina, sim!

Atenção para mudanças na vacinação em Porto Alegre: podem receber a primeira aplicação pessoas com 58 ou 59 anos e com uma ou mais comorbidades. Além disso, a lista de doenças contempladas aumentou (confira aqui).

  • Operação deflagrada pela Polícia Federal contra fraude no auxílio emergencial cumpre quatro mandados de busca e apreensão em Canoas e Parobé. A quadrilha teria fraudado cerca de 3 mil benefícios no RS e em outros quatro estados.
  • Nereu Crispim (PSL) é o deputado federal do RS que mais gastou com aluguel de carros(🔒), segundo a coluna de Rosane de Oliveira. Logo depois vem Danrlei de Deus (PSD).
  • Danrlei, aliás, foi convidado para assumir a Secretaria de Esporte e Lazer do RS(🔒), informa Kelly Matos.
  • O vírus implantado durante o ataque hacker sofrido pelo TJ-RS causou prejuízos particulares aos servidores que estavam conectados. O TJ ainda não tem dimensão dos danos.
  • Estudo realizado pelo Dieese aponta redução de 19,7% no número de servidores do poder Executivo no RS desde 2015.
  • BRDE declara standbill  e suspende temporariamente o pagamento de empréstimos de cerca de 700 contratos de micro e pequenos empreendedores dos três estados do Sul.
  • Ação da EPTC para marcar o Maio Amarelo, mês da segurança no trânsito, leva manequins às ruas e chama atenção nos lugares mais movimentados da Capital. 
  • Um dos pioneiros da hotelaria porto-alegrense, o Hotel Lar Residence encerrou suas atividades após quatro décadas de funcionamento. 
  • Clubes sociais da Capital buscam alternativas para manter suas atividades na pandemia.

Autocancelamento

Você certamente já ouviu falar em cancelamento – nós mesmos já explicamos o termo aqui. Hoje o professor e produtor musical Ticiano Paludo escreve sobre um efeito dessa onda, o autocancelamento.

“Uma meta para 2021: lutar não contra um CANCELAMENTO, mas contra um temor ainda mais destrutivo e paralisante: o AUTOCANCELAMENTO. O que é isso? Isso existe? Mais uma moda? Uma moda transmutada? Não, é algo tão velho quanto o apedrejamento em praça pública, só que ocorre no íntimo de cada um, cada um sendo réu, advogado, juiz e condenado, sempre condenado. A sentença? Pare. Delete. Esqueça. Isso não é para você. Pior, os outros não merecem isso. Como é que é?”

Leia a crônica completa aqui.


Cultura

Alain Delon manipulado pelas paixões

Petra Belas Artes à la Carte/Divulgação

Um dos filmes mais interessantes que entraram recentemente em cartaz nas plataformas de streaming é O Manipulador de Paixões (1994), thriller erótico protagonizado por Alain Delon. Último longa para cinema do cineasta francês Jacques Deray, o longa é uma adaptação de um romance do escritor belga Georges Simenon (1903 – 1989). Leia a resenha de Roger Lerina.

Agenda (🔒)

Para receber todas as dicas culturais do Roger Lerina enviadas aos assinantes premium do Matinal, assine aqui.

A artista e ativista negra Vera Lopes é a convidada do segundo encontro da série Arte como Ciência: Raízes, às 14h30.

Instituto Ling promove, às 19h, mais uma edição virtual do projeto Adaptação – Entre a Literatura e o Cinema. O escritor Pedro Gonzaga e Roger Lerina debatem o livro O Talentoso Ripley, de Patricia Highsmith, e a versão homônima para as telas, de Anthony Minghella.

Às 21h, o Sarau Elétrico tem como tema Baudelaire e Outros Malditos, com participação de Pedro Gonzaga e canja de Kézia Borges.

E mais.

Receba a agenda completa


Você viu?

O argentino Carlos Rios encontrou no trabalho voluntário uma forma de retribuir o acolhimento que recebeu dos gaúchos quando mudou-se para o Rio Grande do Sul em 1978, fugindo da ditadura militar que assolava seu país natal. Nesta reportagem de Gaúcha ZH, o barbeiro fala com alegria sobre seus domingos na Redenção, para onde vai com seu triciclo e sua maleta de “ferramentas”, ambos frutos de doações, para cortar o cabelo e aparar a barba de pessoas em situação de rua. Parte da rotina da ONG de Rua Solitário, como Carlos batizou seu projeto, pode ser acompanhada através do perfil do Instagram, enquanto doações à iniciativa podem ser feitas através da vaquinha do projeto. 

Receba de segunda a sexta a Matinal News, a newsletter que traz as principais notícias e eventos de Porto Alegre e do RS.