Matinal News

Começa a mudar perfil de idade de internados na Capital

Change Size Text
Começa a mudar perfil de idade de internados na Capital Maria Ana Krack/PMPA

Cresce proporção de pacientes mais jovens em internações da Capital

O perfil de pacientes internados por síndrome respiratória aguda grave (SRAG) na rede pública de Porto Alegre está mudando (🔒). Cresce a proporção de pacientes mais jovens, enquanto diminui a de idosos. Em janeiro, doentes com 18 a 30 anos eram 1,52% das solicitações de internação. Neste mês, a proporção já subiu para 2,29%. Os saltos foram maiores nas faixas de 31 a 40 anos (de 6,6% para 8,1%) e 41 a 60 anos (de 27,8% para 37%). Ao contrário, os pacientes com mais de 61 anos representam menos entre os internados: de 63,5% para 52,65%.

Não é possível afirmar relação com a vacinação do grupo prioritário, já que recém estão começando as segundas aplicações, necessárias completar a imunização. São consideradas razões como novas cepas e mudanças de comportamento da população, especialmente os mais jovens, segundo o médico Márcio Rodrigues, da Secretaria Municipal de Saúde. 

Nesse cenário e com as aglomerações de jovens observadas no Carnaval, a projeção é sombria: “Estamos à beira do colapso nos próximos dias”, afirmou, convicto, o médico Eduardo Sprinz, chefe do Serviço de Infectologia do Hospital de Clínicas, ao Sul21. Para ele, uma agenda de restrições deveria ser adotada na Capital – algo que não conta com a simpatia do prefeito Sebastião Melo (MDB), que desde a campanha se colocou contra o fechamento de setores da economia. Melo, ontem, voltou a defender a reabertura do comércio e reclamou da “gandaia” na praia (🔒). Indicou, contudo, a meta de abrir mais 60 vagas de UTI caso a demanda se confirme. 

Na edição de ontem, falamos da pressão geral sobre o sistema de saúde em todo o Estado. O governador Eduardo Leite (PSDB) alertou a população para o avanço expressivo das internações pela doença. A taxa de ocupação da rede hospitalar, que estava em 74% uma semana atrás, subiu para 79,8%. Na Capital, um dia depois de o Moinhos de Vento restringir atendimentos, o Hospital de Clínicas cancelou ao menos até sábado todas as cirurgias que precisem de leitos de Centro de Terapia Intensiva e suspendeu as internações eletivas.


O que mais você precisa saber

Parte do próximo lote de vacinas será usado para segunda dose no RS – Parte da próxima remessa de vacinas contra a Covid-19 que chegará ao Rio Grande do Sul já tem destino. Os imunizantes serão utilizados na aplicação da segunda dose nos pacientes já vacinados. A carga deverá chegar na próxima terça e integra um lote de 4,8 milhões de frascos que serão distribuídos pelo Ministério da Saúde. A estimativa é que o Estado receba 300 mil doses e a intenção do governo do RS é priorizar os idosos nesta etapa da vacinação. No entanto, cada cidade deverá manter em estoque uma porção de vacinas para que os primeiros imunizados estejam totalmente protegidos da doença com a administração da última dose. A preocupação com os idosos se justifica devido aos surtos recentes registrados em asilos de três municípios: Pelotas, Canela e Porto Alegre. Os episódios ocorreram em locais com pessoas que já haviam recebido a primeira dose. Porém, conforme especialistas e autoridades de saúde, não há razão para suspeitar da eficácia da imunização. A doença apareceu no período em que os vacinados ainda não haviam desenvolvido o nível previsto de anticorpos. Além disso, são necessárias duas semanas após a aplicação da segunda dose para a imunidade total. 

Com poucas doses, Capital suspende o drive-thru da vacinação – Diante de uma possível falta de doses, a Prefeitura de Porto Alegre não irá realizar drive-thrus para aplicar a vacina contra o coronavírus hoje. As doses, reservadas ao público a partir de 83 anos, estarão acessíveis em dez Unidades Básicas de Saúde da Capital. Passado um mês desde o início da campanha de vacinação, somente ontem que o número de imunizados com a primeira dose em Porto Alegre ultrapassou o total de casos de Covid-19 já registrados na cidade: foram aplicadas 95.153 doses para um total de 95.113 casos registrados, conforme números da Secretaria Municipal da Saúde. Com o atraso no envio das ampolas, as vacinas já terminaram em pelo menos cinco capitais brasileiras, enquanto os estoques estão acabando em outras seis. Pressionado pela situação, o ministro Eduardo Pazuello prometeu a governadores entregar 230 milhões de doses até 31 de julho.  

Escolas particulares retomam aulas presenciais com adaptações – Com protocolos rígidos e adaptações, parte das escolas privadas do Rio Grande do Sul retomou as aulas presenciais ontem. Segundo o Sindicato do Ensino Privado do Rio Grande do Sul (Sinepe), das 129 instituições consultadas, 11,9% já retornaram, 17,9% o fizeram ontem, 6,7% irão retomar os trabalhos nesta semana e o restante, 56,7%, começará no dia 22 de fevereiro. Em algumas escolas, que já estão funcionando desde o começo do mês, a busca por um ambiente seguro exigiu a ampliação de espaços. O Colégio Monteiro Lobato derrubou paredes, aumentou o tamanho das salas de aula e até usou o seu teatro como um amplo local de estudo. No Colégio La Salle Santo Antônio, uma das primeiras atividades de Química foi transformar o álcool 70% líquido na versão em gel. A decisão do governo do RS de retirar o limite de 50% de ocupação das salas de aula foi o sinal verde para a retomada dos estudos presenciais. Em São Paulo, após a volta dos estudantes, a preocupação passou a ser outra. Três hospitais infantis da capital registraram aumento de internações de crianças com Covid-19. Instituições de saúde da Região Metropolitana e do interior também notaram a alta na procura por atendimento médico, na primeira quinzena de fevereiro.

Outros links:


Cultura

Um amor atrapalhado aos pés da Notre-Dame

Foto: California Filmes

“Uma história sobre um fracasso relacionado à arquitetura.” É assim que a atriz, diretora e roteirista francesa Valérie Donzelli define seu filme Notre Dame (2019), estreia recente nos cinemas brasileiros. A história acompanha a arquiteta Maud Crayon (Donzelli), que conquista um grande concurso promovido pela prefeitura de Paris para reformar o pátio diante da Catedral de Notre-Dame. Curiosamente, a obra citada no filme não tem nada a ver com o lamentável incêndio que destruiu o teto e a torre central do templo de 850 anos, já que Notre Dame foi rodado antes do fatídico 15 de abril de 2019. Leia a resenha de Roger Lerina.

Agenda 

Às 18h30, a banda 50 Tons de Pretas apresenta o disco Voa no Mistura Fina – relembre a entrevista com Dejeane Arruée (vocal, trombone) e Graziela Pires (vocal).

Às 19h30, o projeto Audições Comentadas de Jazz homenageia Tom Jobim em aula ao vivo do jornalista Paulo Moreira com pocket show de James Liberato e Ana Cris Bizarro

Última montagem da Cia. Incomode-Te para a elogiada trilogia Da Mão para a Boca, de Paul AusterA Vida Dele terá sessões virtuais de hoje a sábado, sempre às 20h.

E mais.

Veja a agenda completa


Você viu?

Após cursar o Ensino Fundamental na Escola Estadual Almirante Tamandaré e o Ensino Médio no Instituto Federal do Rio Grande do Sul, onde se formará no final de abril, o jovem Gabriel Silva Teixeira, de 18 anos, vai alçar voos maiores, para além da Lagoa das Custódias, em Tramandaí. Acima da média, ele obteve aprovação em cinco universidades estrangeiras, quatro do Canadá e uma da Inglaterra, com bolsa integral. A escolha deverá ser a UCW, da cidade canadense de Vancouver. Ao relembrar a rotina de estudos e o que fez ele trilhar o caminho até as academias estrangeiras, Teixeira comentou que o que importa para as universidades de fora é o histórico de notas dos anos anteriores. No Enem, segundo ele, um dia ruim pode colocar tudo a perder. Ele até poderia seguir para o Canadá em março, mas como ainda não terminou o Ensino Médio, a partida ficou para setembro. O guri que até pouco tempo atrás dedicava-se exclusivamente aos estudos começou a trabalhar em uma loja de roupas para juntar dinheiro e bancar os gastos com a viagem e estada no Canadá, já que os pais estão com dificuldades. A família criou uma vaquinha online para que outras pessoas possam ajudá-los. 

RELACIONADAS

Receba de segunda a sexta a Matinal News, a newsletter que traz as principais notícias e eventos de Porto Alegre e do RS.