Matinal News

Idosos voltam ser os mais afetados pela Covid no RS

Change Size Text
Idosos voltam ser os mais afetados pela Covid no RS

A vacinação contra a Covid-19 entrou em uma nova fase no RS, com a aplicação das doses de reforço. Esta etapa de imunização se destina, principalmente, aos idosos, em um momento em que eles voltaram a ser os mais afetados pelo coronavírus. O público só não esteve isolado entre os mais atingidos pelo vírus no período entre maio e julho, quando os óbitos alcançaram igualmente pessoas entre 40 e 59 anos. Uma nova análise de dados, porém, mostrou que os idosos voltaram a ser a maior preocupação e uma das explicações é o sistema imunológico mais frágil. Além disso, eles foram os primeiros a se vacinar. Dessa forma, com o tempo transcorrido, a proteção tem diminuído. A presença de comorbidades também é outro fator que contribui para que as pessoas mais velhas fiquem mais suscetíveis à forma grave da Covid-19. Em setembro, das 490 mortes registradas, 237 foram de pessoas com mais de 60 anos, sendo que 142 óbitos envolveram vítimas acima de 80 anos.

Piratini define hoje o número de torcedores que podem ir aos estádios – No fim, ficou para hoje a definição da quantidade de público que poderá comparecer aos estádios na volta das torcidas aos jogos da dupla Gre-Nal. Na reunião do gabinete de crise ontem, o vice-governador Ranolfo Vieira Júnior confirmou a autorização da ampliação do público e atribuiu a medida ao ritmo acelerado da vacinação e ao controle nos números da pandemia no Estado. Porém, ressalvou que a flexibilização se dará de forma “cautelosa e gradativa”. O Grêmio espera poder abrir os portões para até 18 mil torcedores no domingo, aproximadamente 30% da capacidade do local. O Inter fará seu primeiro jogo com torcida no Beira-Rio no dia 10, contra a Chapecoense. Caso a proporção seja mantida, cerca de 17 mil poderão assistir à partida nas arquibancadas. Tanto Grêmio, quanto Inter publicaram em seus sites protocolos a serem respeitados nesse retorno. Apesar de números mais tranquilos, ontem foram emitidos Avisos a três regiões gaúchas em razão do aumento de casos e internações: Capão da Canoa, Novo Hamburgo e Passo Fundo.  

CPI na Câmara investigará empresas de transporte por aplicativo – Contando com voto de dois parlamentares independentes, a oposição na Câmara Municipal conseguiu assinaturas suficientes para instalar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investigará os aplicativos de transporte em Porto Alegre. A proposta partiu do vereador Jonas Reis (PT) e o requerimento foi aprovado horas depois que motoristas encerraram uma carreata de protesto no Legislativo. A CPI irá apurar a atuação das empresas e o não pagamento de impostos ao município, assim como a relação com os condutores. O processo foi aberto na esteira do desligamento de motoristas na Capital por parte da Uber, o que ocorreu também em outras cidades do País. Com Reis como presidente, o colegiado terá 120 dias de funcionamento, podendo ser prorrogado.

Em quase dez meses, base já garantiu aprovação de 28 projetos da Prefeitura – Se não chega a ser um revés ao governo, a abertura da CPI é uma das raras vitórias da oposição na Câmara. Levantamento do Jornal Já dimensionou a solidez da base de Melo no Legislativo. Desde o início da gestão, em janeiro, já foram 28 projetos aprovados – o último ontem, autorizando um empréstimo de 60 milhões de reais para obras viárias. E ainda há outros 36 na fila, um deles trata da redução de isenções no transporte público da Capital, que já está apto a ser apreciado no plenário. A tranquilidade do Executivo com relação às suas pautas é tanta que o próprio Paço decidiu reduzir a velocidade da votação de suas propostas. O objetivo é minimizar a crítica de que a Prefeitura está “patrolando” a Câmara, segundo a colunista Taline Oppitz. A alusão encontra eco nos corredores da Casa: “O Melo está passando o carro, mas o Fortunati também passava, com essa maioria só não passa quem não quer”, comentou um servidor.

Emaranhados de fios em postes de Porto Alegre serão retirados a partir de outubro – Os emaranhados de fios em postes de Porto Alegre receberão atenção a partir de outubro. A CEEE Equatorial dará início à remoção da fiação excedente e estima atender uma via da cidade a cada mês. Em paralelo, a Prefeitura irá elaborar um estudo sobre a possibilidade de enterrar os cabos, alternativa que evitaria quedas de luz e contribuiria para a cidade do ponto de vista estético. No entanto, o alto custo do trabalho é um obstáculo importante, por isso avalia-se exigir cabeamento subterrâneo em novos empreendimentos. Na Capital, as interrupções de energia causadas por exposição de fios à vegetação correspondem a 14% das ocorrências.

Outros links:

Vacina, sim!

Saiba aqui onde é possível se vacinar contra a Covid-19 hoje em Porto Alegre.


CONTEÚDO PUBLICITÁRIO
Senge-RS

A manutenção do controle público do saneamento é inegociável

A votação realizada na Assembleia Legislativa em 31 de agosto garantiu ao governador Eduardo Leite apenas a autorização legislativa necessária para que eventuais alterações e transferências do controle acionário da CORSAN venham se tornar realidade. Assim, cabe ao Sindicato dos Engenheiros, sem perda de tempo, reiterar seu posicionamento institucional e técnico favorável à preservação do controle do saneamento nas mãos do Estado. Vamos colocar aqui pontos obscuros à venda da estatal, encaminhada a partir do viés ideológico privatista do governo, dito democrático, mas que suprimiu o direito do povo de decidir pelo voto popular (plebiscito) e não atendeu as mais de 200 moções de câmaras de vereadores contrárias à privatização. Diversos atores da sociedade civil mostram-se, da mesma forma, contrários a esse projeto, preocupados com as inúmeras incertezas jurídicas, econômicas e políticas.

Chegou a hora dos titulares (municipalidades, vereadores e prefeitos) decidirem que tipo de empresa planejam para suas comunidades. Fica cada vez mais evidente que a imposição de um aditamento contratual provocará, entre outros problemas, a elevação drástica das tarifas. O projeto propõe com clareza a alteração da estrutura tarifária a partir de 2033. Ou seja, às pressas, tentam amarrar os municípios em contratos de mais de 40 anos, sendo que, em curto tempo, será imputado à tarifa o chamado “preço variável” que garantirá aos investidores privados a remuneração dos investimentos e dos custos de manutenção e operação.

Perguntamos: que tipo de eficiência será exigida das empresas privadas para o atingimento das metas do Marco Legal, se a remuneração da ineficiência estará garantida, mascarada em reformatação de planilhas e supridas pela população? (CONTINUE LENDO)

O conteúdo desta seção é de responsabilidade do anunciante.


Cultura

No meio do caminho tinha um muro

Foto: Alaa Aliabdallah/Divulgação

Estreia recente nas plataformas de streaming, A 200 Metros (2020), do diretor palestino Ameen Nayfeh, foi o longa indicado pela Jordânia para concorrer a uma vaga na categoria de Melhor Filme Internacional do Oscar 2021. O filme acompanha o drama de Mustafa (Ali Suliman), um pai que mora a 200 metros de distância de sua família: ele e a esposa (Lana Zreik) vivem separados pelo muro que divide Cisjordânia e Israel. Leia a resenha de Roger Lerina.

Agenda (🔒)

exposição60 Anos no Futuro: Atelier Livre e o Artista-Professor celebra, a partir de hoje, na Pinacoteca Aldo Locatelli, as seis décadas do Atelier Livre da prefeitura de Porto Alegre.

A plataforma Itaú Cultural Play faz nova sessão online, das 19h às 23h, de A Última Floresta, dirigido por Luiz Bolognesi com roteiro de Davi Kopenawa Yanomami – leia a resenha de Roger Lerina.

Às 19h, o escritor Daniel Galera é o convidado de Roger Lerina no projeto Meu Filme Favorito, do Instituto Ling. O tema do encontro é o longa japonês Assunto de Família, de Hirokazu Kore-eda – relembre a entrevista com Galera sobre o livro O Deus das Avencas.

Para receber todas as dicas culturais do Roger Lerina enviadas aos assinantes premium do Matinal, assine aqui.

Receba a agenda completa


Agenda do Unimúsica 2021

Uni 40: Música da Presença apresenta dois espetáculos online e gratuitos por noite, transmitidos pelo canal do Departamento de Difusão Cultural da UFRGS no YouTube. Confira a programação completa aqui.


Você viu?

Movimento que tem gerado bastante expectativa nas redes sociais nos últimos dois anos, mas principalmente esperado pela cantora, finalmente aconteceu ontem: #freebritney. Após 13 anos, Britney Spears deixou de ser tutelada pelo pai, Jamie Spears, e poderá tomar decisões por si mesma e sobre sua fortuna de mais de 60 milhões de dólares, conforme decisão da Justiça dos Estados Unidos – o processo ainda tramita. Ao longo do período da tutela do pai, a cantora esteve sob constante vigilância, mesmo em momentos privados. Em comemoração à liberdade, Britney postou um vídeo horas depois fazendo nada menos que pilotar um avião. No caso, o próprio avião. 

Escolhe um dos combos

Pagamento exclusivo via cartão de crédito

Receba de segunda a sexta a Matinal News, a newsletter que traz as principais notícias e eventos de Porto Alegre e do RS.