Matinal News

Justiça barra “Kit Covid” em Porto Alegre

Change Size Text
Justiça barra “Kit Covid” em Porto Alegre Foto: LQFEx/Ministério da Defesa

O que você precisa saber hoje

Justiça barra “Kit Covid” na Capital – Uma decisão judicial passou a impedir a Prefeitura de Porto Alegre de distribuir o chamado “Kit Covid”. Segundo a decisão do juiz Eugenio Couto Terra, a suspensão deve ser mantida “enquanto não existirem evidências robustas, baseadas em pesquisas clínicas e reconhecidas pela comunidade científica, da eficácia deles para o tratamento precoce da patologia”. A ação foi movida por parlamentares do PSOL. Os medicamentos, como cloroquina, ivermectina, entre outros, compõem o suposto “tratamento precoce” contra o coronavírus, seriam distribuídos em farmácias públicas a pacientes que assinassem um termo de consentimento de que o uso não está indicado pela Anvisa e pode causar efeitos colaterais. Até terça-feira, apenas uma pessoa havia retirado comprimidos de hidroxicloroquina. A Procuradoria-Geral do Município não havia sido notificada até o início da tarde e informou que analisará a decisão oportunamente.

Leite lança pré-candidatura à presidência em 2022 – O nome do governador Eduardo Leite entrou, de vez, na lista de pré-candidatos ao Planalto no ano que vem. Em um verdadeiro lançamento da ideia, o gaúcho recebeu mais de duas dezenas de parlamentares de seu partido, o PSDB, para um almoço, no qual destacou feitos de seu governo. Ao fim, deu aval para que os correligionários espalhassem seu nome pelo país: “Aceitei essa missão de levar essa experiência nas boas conversas que teremos Brasil afora”, afirmou, exaltado como um homem de “diálogo”. O primeiro passo, no entanto, será superar o racha interno (🔒) no próprio partido, que tem o governador de São Paulo, João Doria, se colocando como antagonista de Jair Bolsonaro de olho na disputa de 2022. A postura de Doria é considerada por vezes autoritária na sigla, o que acabou abrindo a brecha para Leite – que, embora muito mais novo, já construiu um perfil conciliador no entendimento de seus apoiadores, o contrário da fama que o colega paulista carrega desde quando se lançou na vida política, em 2016. Exaltado por parte da bancada tucana, Leite já era o nome especulado para compor chapa com Luciano Huck (🔒), de quem é amigo.

Parlamentares acenam com verba para manter biblioteca na Smam – Durante protesto em frente ao prédio da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, Urbanismo e Sustentabilidade (Smamus, antiga Smam) pela permanência do acervo de livros no local, o titular da pasta, Germano Bremm, recebeu comissão representativa. A proposta dos manifestantes era que o secretário paralisasse qualquer medida relacionada à transferência da coleção histórica, que daria local ao Escritório e Licenciamento, notícia publicada pelo Matinal na sexta-feira passada. O grupo acenou com a possibilidade de “passar o chapéu” para viabilizar a mudança do escritório para outro espaço que não o da biblioteca com o objetivo de economizar os gastos com aluguel hoje. O protesto foi convocado por entidades ambientalistas, representantes de bibliotecários e servidores públicos. Leia a reportagem completa do Matinal sobre o encontro de hoje.

Agronegócio gaúcho tem queda nas exportações em 2020 – Impactado por fatores como a pandemia do coronavírus, a estiagem e a redução dos preços de alguns produtos, o agronegócio no Rio Grande do Sul registrou queda nas exportações em 2020. O resultado demonstrado apontou uma redução de 16,1% em valores em comparação com o ano anterior, segundo dados do Departamento de Economia e Estatística, órgão vinculado à Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão. Somente o complexo da soja foi responsável por uma queda de 1,2 bilhão de dólares. A cifra, porém, não impediu o segmento de liderar a lista dos principais setores de exportação, com 3,8 bilhões de dólares. Já as projeções do IBGE e da Conab indicaram que o Brasil irá colher uma safra recorde de grãos e que o Rio Grande do Sul terá um desempenho melhor das lavouras em 2021. O Estado, conforme o instituto, projetou uma colheita total de 35,2 milhões de toneladas, enquanto o segundo órgão estimou uma produção de 34, 7 milhões de toneladas de grãos neste ano em solo gaúcho. 

E o carnaval, hein? – Assim como em Porto Alegre, quase todas as capitais do Brasil não terão carnaval neste fevereiro. Levantamento da Agência Lupa verificou que apenas Boa Vista, Maceió, Natal, Porto Velho e o Distrito Federal irão manter o ponto facultativo nesta segunda e terça-feira. Por aqui, desfiles de escolas de samba e blocos foram cancelados, e o prefeito Sebastião Melo (MDB) suspendeu o ponto facultativo. Com isso, o Executivo municipal terá expediente normal entre segunda e quarta-feira. No entanto, alguns serviços, como bancos, estarão com as portas fechadas. O mesmo ocorre em órgãos da administração estadual, que mantiveram o ponto facultativo.

Outros links:


Cultura

Últimos dias para ver “Pardo É Papel”, de Maxwell Alexandre, na Fundação Iberê

O artista Maxwell Alexandre. Foto: Vitória Proença

Até domingo (14/2) é possível agendar visita à exposição Pardo É Papel, de Maxwell Alexandre, na Fundação Iberê. Em entrevista ao repórter Ricardo Romanoff, o artista carioca fala sobre a mostra – que reúne pinturas em grandes dimensões, tendo papel pardo como suporte – e sobre a obra criada por ele no Ateliê de Gravura da instituição, utilizando a prensa que pertenceu a Iberê CamargoLeia a matéria.

Agenda (🔒)

Para receber todas as dicas culturais do Roger Lerina enviadas aos assinantes premium do Matinal, assine aqui.

Receba a agenda completa


Você viu?

Grunya Sukhareva, Chien-Shiung Wu, Cecilia Payne e Rosalind Franklin. Mulheres brilhantes da ciência que têm comum não apenas o fato de pertencerem ao sexo feminino ou a mesma área de atuação, mas por terem sido autoras de descobertas importantes. Outra situação que as coloca no mesmo grupo é o reconhecimento tardio de seus feitos, celebrados e laureados como se fossem de homens. O texto de Mellanie Fontes Dutra – ela uma pós-doutora em bioquímica – cita e resgata esses nomes para informar que o mundo científico não seria o mesmo sem eles. Além disso, percorrer a trajetória dessas mulheres é contar a história da ciência e do seu desenvolvimento. Segundo dados da Unesco, no período de 2009 a 2017, 35% dos estudantes nas áreas de ciência, tecnologia, engenharia e matemática eram mulheres. Para aumentar essa porcentagem, iniciativas em prol delas na ciência foram elaboradas. O objetivo é recordar aquelas que atuaram no passado e incentivar as que desejam fazer diferença no futuro. Tudo para que as “herdeiras” de Grunya Sukhareva, Chien-Shiung Wu, Cecilia Payne e Rosalind Franklin sejam sempre lembradas.

Receba de segunda a sexta a Matinal News, a newsletter que traz as principais notícias e eventos de Porto Alegre e do RS.