Reportagem

Câmara aprova PL que determina publicação de mais dados sobre os conselhos municipais

Change Size Text
Câmara aprova PL que determina publicação de mais dados sobre os conselhos municipais Projeto é de autoria da vereadora Mari Pimentel, do Partido Novo (Foto: Gabriel Ribeiro/CMPA)

Projeto foi sugerido pela Fiquem Sabendo, agência de dados públicos independente

Publicidade

Foi aprovado na semana passada, na Câmara Municipal de Porto Alegre, o projeto de lei que determina alterações nas regras de publicação de informações sobre conselhos municipais no Portal Transparência. O projeto é de autoria da vereadora Mari Pimentel (Novo) e foi sugerido pela Fiquem Sabendo, agência de dados públicos independente e especializada na Lei de Acesso à Informação (LAI).

O texto determina que sejam incluídas as seguintes informações no site: nome completo, currículo e contato dos membros, regimento interno, atas e pautas e calendário de reuniões dos Conselhos de Administração, Conselhos Fiscais, Comitês de Indicação e Comitês de Auditoria Estatutários das empresas estatais, dos Conselhos Deliberativos das autarquias municipais e dos Conselhos Municipais.

O advogado e diretor de advocacy da Fiquem Sabendo Bruno Morassutti foi quem fez o contato com o legislativo da Capital. “Nós apresentamos o projeto a Mari Pimentel e também ao vereador Felipe Camozzato (NOVO) na época. Pelo jeito o projeto avançou bem, e os outros vereadores concordaram. Agora a gente espera que o prefeito efetivamente sancione”. Morassutti já acompanha há cinco anos a questão dos conselhos municipais, e segundo ele, a falta de transparência era um problema.

“Porto Alegre tem mais de 50 conselhos e a maioria deles não tem site, por exemplo. Os conselhos com site não chegam a 10. Também é difícil saber quem são os membros desse conselho, e qual pauta eles estão debatendo nas reuniões. Se os conselhos decidirem aprovar ou reprovar um projeto, qual projeto foi esse. Hoje nos não temos esse tipo de transparência”, explica Bruno.

O projeto passou por unanimidade na Câmara, e agora cabe ao prefeito da Capital Sebastião Melo (MBD) sancioná-lo.

Gostou desta reportagem? Garanta que outros assuntos importantes para o interesse público da nossa cidade sejam abordados: apoie-nos financeiramente!

O que nos permite produzir reportagens investigativas e de denúncia, cumprindo nosso papel de fiscalizar o poder, é a nossa independência editorial.

Essa independência só existe porque somos financiados majoritariamente por leitoras e leitores que nos apoiam financeiramente.

Quem nos apoia também recebe todo o nosso conteúdo exclusivo: a versão completa da Matinal News, de segunda a sexta, e as newsletters do Juremir Machado, às terças, do Roger Lerina, às quintas, e da revista Parêntese, aos sábados.

Apoie-nos! O investimento equivale ao valor de dois cafés por mês.
Se você já nos apoia, agradecemos por fazer parte da rede Matinal! e tenha acesso a todo o nosso conteúdo.

Compartilhe esta reportagem em suas redes sociais!
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on email
Se você já nos apoia, agradecemos por fazer parte da rede Matinal! e tenha acesso a todo o nosso conteúdo.

Compartilhe esta reportagem em suas redes sociais!
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on email

Gostou desta reportagem? Ela é possível graças a sua assinatura.

O dinheiro investido por nossos assinantes premium é o que garante que possamos fazer um jornalismo independente de qualidade e relevância para a sociedade e para a democracia. Você pode contribuir ainda mais com um apoio extra ou compartilhando este conteúdo nas suas redes sociais.
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on email

Se você já é assinante, obrigada por estar conosco no Grupo Matinal Jornalismo! Faça login e tenha acesso a todos os nossos conteúdos.

Compartilhe esta reportagem em suas redes sociais!

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on email
RELACIONADAS
;

Esqueceu sua senha?

ASSINE E GANHE UMA EDIÇÃO HISTÓRICA DA REVISTA PARÊNTESE.
ASSINE E GANHE UMA EDIÇÃO HISTÓRICA DA REVISTA PARÊNTESE.