Agenda

As visões de cineastas Mbyá Guarani no Mês da Visibilidade Indígena da CCMQ

Change Size Text
As visões de cineastas Mbyá Guarani no Mês da Visibilidade Indígena da CCMQ Patricia Ferreira. Foto: Sophia Pinheiro/Divulgação

No mês de abril, a Casa de Cultura Mario Quintana tem programação especial voltada à visibilidade dos povos nativos e suas culturas. As primeiras atividades são duas lives com cineastas Mbyá Guarani, que integram a mostra Tela Indígena.

Nesta quarta (21/4), às 20h, a conversa é com Vherá Xunu e Patrícia Pará Ixapy Ferreira, do Coletivo Mbya Guarani de Cinema. Na quinta (22/4), a troca de ideias fica por conta de Gerson Gomes Karaí e Pará Reté.

Em ambas as datas, as lives acontecem pelo Instagram @ccmarioquintana.

Vherá Xunu, indígena Mbya Guarani, foi convidado, em 2016, a fazer parte do grupo de Comunicadores Mirim da Comissão Yvyrupa, no qual trabalhou durante três anos divulgando, fotografando e filmando eventos Guarani. Seu primeiro filme é “Perigo na Mata” (2016), seu último lançamento é “O despertar do divino Sol” (2019), ambos curtas-metragens.

Patrícia Ferreira Pará Yxapy é integrante do Coletivo Mbyá-Guarani de Cinema. Ativo desde 2007, o coletivo reúne cineastas que usam a linguagem do audiovisual como expressão artística e política. As produções são exibidas em festivais e exposições nacionais e internacionais. Atualmente, além de Patrícia Ferreira Pará Yxapy, o coletivo conta com os realizadores Ariel Kuaray Ortega e Aldo Kuaray Ferreira.

Gerson Gomes Wherá é um dos criadores do coletivo audiovisual de jovens Mbyá-Guarani Comunicação Kuery. O coletivo foi formado em outubro de 2012, a partir da necessidade apontada pelas lideranças indígenas de registrar a vida e o cotidiano nas aldeias. Desde então, o coletivo realiza documentários e vídeos que buscam dar mais visibilidade ao povo Guarani.

Pará Reté é uma indígena Mbya Guarani de 14 anos, que iniciou a trajetória no audiovisual como fotógrafa da III Mostra Tela Indígena (2018). Em 2019, gravou seu primeiro curta-metragem “Kyringue Rory’i: o sorriso das crianças”.

quarta-feira, 21 a 22 de abril de 2021 | 20h00

PUBLICIDADE