Música | Notas

Érico Moura lança single e clipe de “Eu Sendo eu”

Change Size Text
Érico Moura lança single e clipe de “Eu Sendo eu” Foto: Raul Krebs/Divulgação

Já está disponível em todas as plataformas digitais o mais recente lançamento do cantor e compositor Érico Moura, o single Eu sendo eu (being me), composto e interpretado pelo músico gaúcho, com bateria de Bruno Neves, baixo de Diego Lopes e guitarra de Luciano Granja.

A nova música também foi disponibilizada em um clipe, o primeiro da carreira do artista, com direção de fotografia e montagem do produtor visual Ricardo de Carli e realização da Frisbe Filmes.

A faixa recém-lançada abre o terceiro álbum solo do cantautor, Tudo é processo, programado para o segundo semestre deste ano com dez músicas autorais que misturam influências da música popular brasileira e do pop. A nova música foi gravada antes da pandemia, no Estúdio Tabuleiro, em Porto Alegre, e finalizada durante o período de distanciamento social, com participação de diferentes pessoas ao redor do mundo. Além dos músicos e produtores, que contribuíram diretamente dos estúdios ou das suas casas, a versão atual também conta com vozes femininas de diferentes nacionalidades repetindo a expressão “eu sendo eu” em idiomas como japonês, árabe, francês, espanhol e italiano.

A escolha dessa canção para apresentar o disco inédito não foi por acaso. Escrita por Érico em 1998, a música é parte importante da sua trajetória e mostra a maturidade artística do músico porto-alegrense. A composição ficou conhecida pelo público há mais de 20 anos, quando fazia parte do repertório da Universo Colorido, banda que o cantautor integrava ao lado do guitarrista e produtor musical Marcelo Fruet. Pouco tempo depois, a canção foi premiada no IV Festival de Música de Porto Alegre. Agora, ela ganha uma nova versão, com uma sonoridade ainda mais brasileira e batucada.

“A gravação feita com banda Universo Colorido só existe em CD, e poucas cópias foram vendidas na época, ou seja, ela praticamente não existe mais. Agora, foi regravada de um jeito totalmente diferente, mais batucada e com menos instrumentos. E ela tem tudo a ver com o meu atual momento. Nesse disco, que se chama Tudo é processo, ela representa a minha própria transformação”, conta Érico.

Érico Moura divide sua carreira musical com a medicina, atuando como psiquiatra e psicoterapeuta de orientação psicanalítica. Nascido em Porto Alegre em 1977, possui mestrado (2010) e doutorado (2017) em Psiquiatria, realizados na UFGRS, e tem dois álbuns lançados, C.O.L.E.T.Â.N.E.A., de 2007, e AMARÉ, de 2019. Começou a compor ainda criança e, aos 13 anos, ganhou sua primeira guitarra, quando começou a tocar.

Escute Eu sendo eu (being me) aqui.

Confira o clipe:

RELACIONADAS

Escolhe um dos combos

Pagamento exclusivo via cartão de crédito