Cultura | Música | Notas

“Visão Noturna” anuncia site e novo clipe

Change Size Text
“Visão Noturna” anuncia site e novo clipe Reprodução: "Visão Noturna"

Visão Noturna (Natura Musical) é um projeto interdisciplinar a partir de um disco, que surge do encontro entre Felipe Antunes (Brasil) e Nástio Mosquito (Angola). Sob direção de arte de Jackeline Stefanski Bernardes, o álbum lançado em 2020, ganha versões visuais em diálogo com a orientação cósmica para o Sul deste projeto e se debruça sobre as constelações de povos originários da América do Sul, para encontrar rumos inversos aos que guiaram as viagens colonizadoras.

“Nosso desejo é traduzir as canções em cores, texturas e mitologias imagéticas que inspirem vida, abundância e sonho e as constelações indígenas nos apresentam esse imaginário, que nos convida a idealizar e realizar um mundo de criação, colorido, com diferentes narrativas”, afirma Jackeline.

A identidade visual de Visão Noturna foi desenvolvida a partir desse conceito e, à convite do projeto, artistas visuais e da música colaboraram de diversas maneiras: Juliana dos Santos criou, com Nina Vieira e auxílio de Bruna Amaro, o projeto visual e artístico do website e da vi(zine) – que apresenta textos, imagens, colagens e partituras exclusivas, combinando processos artesanais e digitais de criação, em uma autopublicação, que dialoga com as populares e independentes zines de contracultura.

A vi(zine) é formada por partituras “não convencionais”, a partir da livre inspiração dos músicos Allan Abbadia e Fábio Sá: eles criaram partituras que hora se aproximam das notações tradicionais que conhecemos na teoria musical, hora dialogam com referências de música contemporânea, dramaturgia e fluxogramas didáticos.

Dentro do website há também um videoclipe inédito da faixa de abertura do álbum, Labirinto: trabalho de animação em resposta ao som do artista visual Achiles Luciano que aprofunda essa viagem cósmica infinita e cita as constelações indígenas.

Além disso, outros materiais audiovisuais recém criados e divulgados também estão contidos no visaonoturna.art, como o lyric video da canção Ninguém no Cosmos, do artista visual e músico Vaine e outros vídeos com trechos das gravações do álbum em 2019, no Estúdio Canto da Coruja (Piracaia, SP).

RELACIONADAS
PUBLICIDADE