Cartas

Caro Deus,

Change Size Text
Caro Deus,

Nos últimos anos tenho me dedicado a ler e estudar uns pedaços da sua biografia. Ano passado peguei o Alcorão, mas esse é melhor a gente comentar outro dia que o pessoal sempre pode se irritar com qualquer coisa e melhor não. Vamo pra uns milênios antes, aquela parte que os cristãos hoje chamam de Pentateuco e os judeus de Torá.

Pois então. Não sei se o Senhor tem acompanhado aqui, este planeta, e muito menos nosso País desgraçado. (Planeta é a Terra, o terceiro do Sistema Solar, no sentido centro-bairro, lembrou? O País é o Brasil, aquele que tem uma Belém que não é aquela onde o teu guri veio a este mundo e depois deu aquele rolo todo.)

Bom, o pessoal do teu fã clube aqui tá bem dividido. De um lado, os que tão encantados com o Papa esse (Papa, se o Senhor não tá ligado, é o gerente geral de um terço dos que acreditam no Senhor aqui na Terra – lembra da Terra, né?). De outro, os que acham que o Papa é comunista (bah, dá um Google aí, não vou te explicar comunismo numa cartinha). Enfim.

Que que eu queria? Ah, queria que o Senhor desse uma geral. Sabe quando o Senhor decidiu que deixava o Moisés ir até o fim levar o povo – que não parava de fazer cagada desde que saiu do Egito – pra Terra Prometida, mas que ia esperar todo mundo morrer antes, incluindo o Moisés, pra ver se só com gente djóven, nascida na caminhada de 40 anos, a coisa melhorava?

Pois é. Não sei o quanto o Senhor tá ligado ou quanto seu guri lhe contou depois que voltou dos pananã todos, mas não melhorou não. Bezerro de ouro é pinto perto do que o pessoal anda adorando. E cada vez mais besta. Se o Moisés que era o Moisés dava uma distraidinha o pessoal já se atirava no não acatamento dos mandamentos, imagina agora com esse Papa que nem cobra de cajado atirado no chão consegue fazer.

Então o que eu pediria era uma das duas opções: ou o Senhor dá uma empoderada roots nele, daquelas de pilotar praga de gafanhoto pro lado dos ruim, ou o Senhor mesmo dá aquela fulminada geral que nem cogitou quando o Moisés implorou “outra chan-ce! Outra chan-ce!” e se fudeu porque ganhou a chance ficou lá na montanha só fazendo zoinho pra Terra Prometida. Rola?

RELACIONADAS
marca-parentese

Abra um parêntese no seu fim de semana com jornalismo e boas histórias. Deixe seu email e receba toda semana as newsletters da revista Parêntese.

Escolhe um dos combos

Pagamento exclusivo via cartão de crédito