Ensaios Fotográficos

Cláudia Magnus: Lua

Change Size Text
Cláudia Magnus: Lua
Quando a Lua Cheia vem, ou vai, eu fotografo. E medito. E reflito.Ao anoitecer, ela encontrou para-raios. A Lua me nutre, o para-raio me protege. Proteção necessária neste momento de emoções à flor da pele.Ao amanhecer ela se escondeu, brilhante, atrás dos prédios.  Os volumes foram recortando a Lua, encobrindo sua luz.A cada movimento um novo vazio. E algo novo brilhando. Os pedaços que faltam seriam vazios?  Casas cheias de gente e vazias de afeto? E quanto aos vazios internos?Espaços cheios de possibilidades? Ou cheios de inutilidades?Quanto falta? Ou quanto sobra?Neste momento de quarentena, ganhamos de presente o tempo. A pausa. O recolhimento. O olhar para dentro.Um tempo para descobrir dentro de nossas casas, e de nós mesmos, os vazios que existem. Ou seriam os excessos?Que a luz desta Lua ilumine nosso mergulho. Claudia Magnus, mãe do Rodrigo e do Eduardo. Libriana, sensível, entusiasmada e com olho brilhante, sonhadora e pé no chão. Engenheira, designer, coach e empresária. Fundadora da Conceituário, curadoria e design estratégico a serviço de novas percepções, olhares e projetos. Amo dançar, viajar, desbravar, conhecer lugares e pessoas. Amo o silêncio e amo conversar, adoro estar sozinha e conviver com os amigos. Sou amante das artes, da fotografia e das narrativas. Começando a explorar o caminho autoral. E-mail: [email protected]

Quer ter acesso ao conteúdo exclusivo?

Assine o Premium

Você também pode experimentar nossas newsletters por 15 dias!

Experimente grátis as newsletters do Grupo Matinal!

Escolhe um dos combos

Pagamento exclusivo via cartão de crédito