Recomendações

Para celebrar o centenário de Rubem Valentim

Change Size Text
Para celebrar o centenário de Rubem Valentim Foto: Edições Pinakotheke/Divulgação

LIVROS

Rubem Valentim (1922-1991) – Sagrada Geometria, de Bené Fonteles

Um dos maiores artistas visuais brasileiros do século 20, Rubem Valentim ganha um belo livro que será lançado neste sábado (2/7) simultaneamente à abertura de uma exposição com cerca de uma centena de suas obras – pinturas, desenhos e objetos em madeira pintada –, na galeria Pinakotheke São Paulo. Rubem Valentim (1922-1991) – Sagrada Geometria (Edições Pinakotheke, 292 páginas, R$ 120) é uma publicação bilíngue (português e inglês), com apresentação de Max Perlingeiro e texto do artista, curador e poeta Bené Fonteles – amigo mais próximo do pintor baiano, que dedicou sua obra à reprodução de símbolos e imagens da cultura e da religiosidade afro-brasileiras.

O volume que celebra o centenário de Rubem Valentim, contém ainda depoimentos sobre o artista e sua obra escritos por personalidades da arte como Ferreira Gullar, Giulio Carlo Argan, Theon Spanudis, Roberto Pontual, Clarival do Prado Valladares e Emanoel Araújo.

O grande teórico da arte italiano Argan, que conviveu com o artista brasileiro no início dos anos 1960 durante sua estada em Roma, escreveu sobre Valentim: “Os seus signos são deduzidos da simbologia mágica que se transmite com as tradições populares dos negros da Bahia. A evocação destes signos simbólico-mágicos não tem, entretanto, nada de folclorístico. É necessário expor, antes, que eles aparecem subitamente imunizados, privados das suas próprias virtudes originárias, evocativas ou provocatórias: o artista os elabora até que a obscuridade ameaçadora do fetiche se esclareça na límpida forma do mito. Decompõe-nos e os geometriza, arranca-os da originária semente iconográfica; depois os reorganiza segundo simetrias rigorosas, os reduz à essencialidade de uma geometria primária, feita de verticais, horizontais, triângulos, círculos, quadrados, retângulos; enfim, torna-os macroscopicamente manifestos em acuradas, profundas zonas colorísticas, entre as quais procura precisas relações métricas, proporcionais, difíceis equivalências entre signos e fundo”.

O livro pode ser encontrado nas sedes da Pinakotheke em São Paulo, Rio de Janeiro e Fortaleza, nas livrarias e plataformas de livros na internet.


[Continua...]

O acesso a esse conteúdo é exclusivo aos assinantes premium do Matinal. É nossa retribuição aos que nos ajudam a colocar em prática nossa missão: fazer jornalismo e contar as histórias de Porto Alegre e do RS.

 

 
 
 

 

 

 

 
 
 

 

 
conteúdo exclusivo
Revista
Parêntese


A revista digital Parêntese, produzida pela equipe do Matinal e por colaboradores, traz jornalismo e boas histórias em formato de fotos, ensaios, crônicas, entrevistas.

Quer ter acesso ao conteúdo exclusivo?

Assine o Premium

Você também pode experimentar nossas newsletters por 15 dias!

Experimente grátis as newsletters do Grupo Matinal!

RELACIONADAS
ASSINE O PLANO ANUAL E GANHE UM EXEMPLAR DA PARÊNTESE TRI 1
ASSINE O PLANO ANUAL E GANHE UM EXEMPLAR DA PARÊNTESE TRI 1
ASSINE E GANHE UMA EDIÇÃO HISTÓRICA DA REVISTA PARÊNTESE.
ASSINE E GANHE UMA EDIÇÃO HISTÓRICA DA REVISTA PARÊNTESE.