Recomendações

Recomendações da semana #79

Change Size Text
Recomendações da semana #79
LIVROS Três Poetas do Samba-Enredo | Rachel Valença, Leonardo Bruno e Gustavo Gasparani O livro lembra os artistas que, embora muitas vezes relegados aos bastidores, se dedicam a combinar os versos e as melodias que fazem com que cada Carnaval transcenda a avenida e ingresse no imaginário coletivo: os compositores, representados pelos mestres Aluísio Machado, David Corrêa e Hélio Turco. A pesquisadora Rachel Valença, o jornalista Leonardo Bruno e o dramaturgo Gustavo Gasparani reverenciam esses expoentes que fizeram história no Carnaval carioca em Três Poetas do Samba-Enredo (Cobogó, 240 páginas, R$ 54) com narrativas que, revelando as trajetórias individuais desses três compositores, atravessam oito décadas de cavaco, repique e tamborim. Aluísio é autor do inesquecível Bum Bum Paticumbum Prugurundum, que marcou a vitória da Império Serrano em 1982. David compôs Das Maravilhas do Mar Fez-se o Esplendor de uma Noite – dos versos “E lá fui eu pela imensidão do mar / Essa onda que borda a avenida de espuma / Me arrasta a sambar” –, que embalou o desfile da Portela em 1981. E Hélio escreveu 100 Anos de Liberdade – Realidade ou Ilusão (“Pergunte ao Criador / Quem pintou esta aquarela / Livre do açoite da senzala / Preso na miséria da favela”), do Carnaval de 1988, um dos sambas mais emblemáticos da história da Mangueira.  Na primeira parte do livro, os autores traçam panorama do gênero samba-enredo, esboçando um painel de sua evolução e suas transformações ao longo do tempo. Esse texto é construído no melhor espírito carnavalesco, em tom de conversa – assim como fazem os poetas do Carnaval ao criarem suas obras, os autores se sentaram em roda e jogaram palavras no ar, esmiuçando o mundo dos fazedores de samba. Como define no prefácio o jornalista e pesquisador Sérgio Cabral, a obra “é uma espécie de farol para quem deseja navegar, a qualquer hora do dia ou da noite, pelo mundo do samba”. Quando o Som Bate no Peito | Márcio Grings O escritor gaúcho Márcio Grings acaba de lançar uma coletânea de resenhas sobre apresentações musicais que presenciou nos últimos 23 anos, com 34 relatos cobrindo performances internacionais de nomes como Bob Dylan, Paul McCartney e Rolling Stones, entre outros. As 130 imagens que ilustram o trabalho Quando o Som Bate no Peito (Memorabilia, 224 páginas, R$ 60), parte delas destacadas em um álbum colorido, foram feitas por 18 fotógrafos profissionais. A pré-venda da publicação já está no ar pelo hotsite interativo. Foto: Memorabilia/Divulgação “Quando o Som Bate do Peito resgata diversas sensações de como presenciar um espetáculo musical ao vivo é uma experiência transformadora. Não há DVD, Blu-ray ou smartphone que consiga parear a sensação de estarmos no olho do furacão, entre o público, no centro dos acontecimentos, na ‘primeira fileira’ de um show. Se você está num pub, num teatro, casa de espetáculos, estádio, ao ar livre ou nos bastidores – quando o som bate no peito do espectador, do repórter, do fotógrafo –, essa fonte da juventude nos conecta à energia do êxtase, o merecido prêmio por escolhermos a música como um elemento significante […]

Quer ter acesso a conteúdo exclusivo?


Assine o Premium

Você também pode experimentar nossas newsletters por 15 dias!

Experimente grátis as newsletters do Grupo Matinal!

marca-parentese

Abra um parêntese no seu fim de semana com jornalismo e boas histórias. Deixe seu email e receba toda semana as newsletters da revista Parêntese.

Receba de segunda a sexta a Matinal News, a newsletter que traz as principais notícias e eventos de Porto Alegre e do RS.