Agenda | Cinema

Mostra “A Imagem no Espaço” reflete sobre as cidades brasileiras na Sala Redenção

Change Size Text
Mostra “A Imagem no Espaço” reflete sobre as cidades brasileiras na Sala Redenção "O Acidente". Foto: Glauco Firpo/Divulgação

De 2 a 29 de maio, a Sala Redenção recebe uma programação de 15 filmes que trazem a perspectiva da cidade como protagonista. Intitulada A Imagem no Espaço, a mostra apresenta sessões às 16h e às 19h, contando com  produções de diferentes cidades brasileiras, como Porto Alegre, São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília e Contagem. Entre os filmes, serão exibidos O Acidente (2023), Pedágio (2023), De Olhos Abertos (2020), entre outros.

Apresentando filmes em formato de documentário, ficção e ensaísticos, A Imagem no Espaço busca pensar os modos de vida e as formas de ocupação/circulação dos espaços públicos. Nesse sentido, as obras selecionadas colocam em evidência o lugar da cidade nos processos de subjetivação de seus moradores, atentando também para os desafios das incertezas políticas, ambientais, sócio-técnicas e culturais pelas quais o mundo vem passando.

Para uma reflexão mais profunda, a mostra ainda apresenta nove exibições seguidas de conversa com os realizadores das obras, que ocorrem em diferentes datas, mas sempre no horário das 19h. A programação apresenta bate-papos presenciais com os gaúchos Gustavo Spolidoro (Errante – Um Filme de Encontros)Bruno Carboni (O acidente), Cacá Nazario (Secundas), Felipe Diniz (Desenredo) e Pedro Vasconcellos (Amadores). Já de forma on-line, a programação conta com a participação dos cineastas Adirley Queirós (A Cidade é Uma Só?)Marília Rocha (A Cidade Onde Envelheço), Maurílio Martins (No Coração do Mundo), Ricardo Alves Junior (Tudo o que você podia ser) e Cha Dafol (De Olhos Abertos).

A programação tem entrada franca e é aberta à comunidade em geral. O cinema da UFRGS está localizado no campus central da Universidade, com acesso mais próximo pela Rua Eng. Luiz Englert, 333.

A mostra de filmes A Imagem no Espaço integra o projeto de mesmo nome, organizado pelo Programa de Pós-graduação em Educação e Programa de Alfabetização Audiovisual da Faculdade de Educação da UFRGS, e conta com outras atividades voltadas a debater o cinema em paralelo com a cidade e a educação.

Programação

PARTE 1 (1ª quinzena de maio)

ERRANTE – UM FILME DE ENCONTROS
(dir. Gustavo Spolidoro I Brasil I 2015 I 71 min)

Somente com uma câmera na mão, o diretor Gustavo Spolidoro acompanha cinco dias do carnaval de 2011. Viajando pelo Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro, é uma busca pelos mais diferentes encontros.

02 de maio I quinta-feira I 16h
09 de maio I quinta-feira I 19h + conversa com Gustavo Spolidoro
10 de maio I sexta-feira I 16h

SECUNDAS

(dr. Cacá Nazario I Brasil I 2017 I 20 min.)
Registra um movimento de estudantes que foram presos e agredidos pela polícia ao ocupar a Secretaria da Fazenda do RS. Organizados em um Comitê de Escolas Independentes (CEI), os secundaristas protagonizaram uma jornada de lutas e ocupações nas escolas públicas do Estado. O documentário investiga os reflexos traumáticos que estes estudantes vivenciam na espera da decisão judicial que pode condená-los. Ocupar as ruas e reorganizar os espaços é o alvo daqueles que são excluídos dos processos de decisão e que, por meio da ação direta, com seu próprio corpo, buscam traçar seu destino.

+

ALDEIA MARACANÃ

(dir. Flavia Meireles I Brasil I 2015 I 30 min.)

No ano de 2015, após intensos conflitos e manifestações nos dois anos anteriores, por ocasião da Copa do Mundo e do projeto de remoção do governador do estado, as pesquisadoras do grupo Temas de Dança pensam sobre a relação dos corpos com a cidade do Rio de Janeiro, entrevistando lideranças da Aldeia Maracanã e experimentando dançar sobre silêncios e apagamentos históricos.

+

TETO SOBRE NÓS

(dir. Bruno Carboni I Brasil I 2015 I 22 min.)

Ocupantes de um prédio abandonado recebem um aviso que eles podem ser despejados a qualquer momento. Enquanto Anna tenta lidar com a notícia, ela se depara com um misterioso homem deitado em sua cama.

02 de maio I quinta-feira I 19h + conversa com Cacá Nazario
03 de maio I sexta-feira I 16h

A CIDADE ONDE ENVELHEÇO

(dir. Marília Rocha | Brasil | 2017 | 99 min)

Teresa, uma jovem portuguesa, decide se mudar para o Brasil e vai direto para a casa de sua amiga Francisca, que vive em Belo Horizonte há quase um ano. Embora Francisca esteja temerosa sobre como será o convívio, já que valoriza sua solidão e independência, o jeito descontraído e espevitado de Teresa a contagia, criando uma forte ligação entre elas.

03 de maio I sexta-feira I 19h + conversa com Marília Rocha (online)
06 de maio I segunda-feira I 16h
10 de maio I sexta-feira I 19h

ESPERO TUA (RE)VOLTA

(dir. Eliza Capai | Brasil | 2019 | 93 min)

Os jovens brasileiros fazem história neste documento radical. Inicialmente eles lutam pela educação, depois suas ações subversivas assumem uma nova dimensão.

09 de maio I quinta-feira I 16h
13 de maio I segunda-feira I 19h
14 de maio I terça-feira I 16h

À MARGEM DO CONCRETO

(dir. Evaldo Mocarzel I Brasil I 2007 I 85 min)

Dirigido por Evaldo Mocarzel ,o documentário relata a vida e o drama dos Sem-Tetos em busca de uma moradia na cidade de São Paulo. O filme acompanha também vários representantes empenhados em conquistar uma localidade, para que o grupo menos favorecido possa ter seu então sonhado lar.

06 de maio I segunda-feira I 19h
07 de maio I terça-feira I 16h
13 de maio I segunda-feira I 16h

O ACIDENTE

(dir.Bruno Carboni, Brasil I 2022 I 95 min)

A ciclista Joana se envolve em um estranho acidente, onde é carregada no capô de um carro por um quarteirão. Joana sai ilesa e decide esconder o incidente da companheira, Cecília. Quando um estranho vídeo do acidente vem à tona, a omissão de Joana fica exposta. Aos poucos ela começa a se envolver na vida da família da pessoa que a atropelou.

07 de maio I terça-feira I 19h + conversa com Bruno Carboni
08 de maio I quarta-feira I 16h

PARTE 2 (2ª quinzena de maio)

AMADORES

(dir. Pedro Vasconcellos | Brasil | 2021 | 41 min)

Os campos de terra fazem parte da paisagem e da história de Belo Horizonte, além de serem palco das principais competições do centenário futebol amador. A cidade e sua diversidade a partir da história de seus principais campos e das pessoas que lutam para construir o esporte que tanto amam.

+
DESENREDO

(dir. Felipe Diniz | Brasil | 2015 | 26 min)

Algo une os cinco personagens que acompanhamos. Com eles, vagamos por lugares como um hospital, centro da cidade, edifícios públicos, casas de santo, quarto e jardim. Durante o dia são uns, à noite, se encontram no mesmo espaço e, embalados pelo mesmo delírio, se transformam em outros.

16 de maio I quinta-feira I 16h
24 de maio I sexta-feira I 19h + conversa com Pedro Vasconcellos e Felipe Diniz
27 de maio I segunda-feira I 16h

A CIDADE É UMA SÓ?

(dir. Adirley Queirós | Brasil | 2013 | 73 min)

50 anos depois da criação do Distrito Federal, A cidade é uma só? reflete sobre o processo de exclusão territorial e social entre a capital e seu entorno.

16 de maio I quinta-feira I 19h + conversa com Adirley Queirós (online)
17 de maio I sexta-feira I 16h
27 de maio I segunda-feira I 19h

NO CORAÇÃO DO MUNDO

(dir. Gabriel Martins | Brasil | 2019 | 122 min)

Na periferia de Contagem, Marcos busca uma saída para sua rotina de bicos e pequenos delitos. Surge uma oportunidade arriscada, mas que pode solucionar todos os seus problemas. Para isso, ele precisa convencer sua namorada, Ana, a se juntarem a Selma e executarem o plano que pode mudar suas vidas para sempre.

17 de maio I sexta-feira I 19h + conversa com Maurílio Martins (online)
23 de maio I quinta-feira I 16h

TUDO O QUE VOCÊ PODIA SER

(dir. Ricardo Alves Junior | Brasil | 2023 | 73 min)

O documentário de ficção acompanha Aisha em seu último dia em Belo Horizonte, mostrando a despedida de Aisha e suas melhores amigas: Bramma, Igui e Will, construindo uma mensagem poderosa sobre a amizade e sua construção de família.

22 de maio I quarta-feira I 16h
28 de maio I terça-feira I 19h + conversa com Ricardo Alves (online)
29 de maio I quarta-feira I 16h

DE OLHOS ABERTOS

(dir. Charlotte Dafol | Brasil | 2020 | 112 min)

Em Porto Alegre, pessoas em situação de rua produzem e vendem o seu próprio jornal, o “Boca de Rua”, único no mundo. Além de uma fonte de renda, ele é uma voz para ser ouvida, uma ferramenta de denúncia e de organização perante a sociedade.

23 de maio I quinta-feira I 19h + conversa com Cha Dafol (online)
24 de maio I sexta-feira I 16h

PEDÁGIO

(dir. Carolina Markowicz I Brasil I 2023 I 102 min )

Suellen, cobradora de pedágio, percebe que pode usar seu trabalho para fazer uma renda extra ilegalmente. Mas tudo por uma causa nobre: financiar a ida de seu filho à caríssima cura gay ministrada por um famoso pastor estrangeiro.

28 de maio I terça-feira I 16h
29 de maio I quarta-feira I 19h

quinta-feira, 02 a 29 de maio de 2024

Sala Redenção - Cinema Universitário Rua Eng. Luiz Englert, 333 - campus central da UFRGS

Entrada franca

Muito legal ficar sabendo de tudo o que acontece na cidade, né?
Este conteúdo é exclusivo para assinantes e é por causa da sua valiosa contribuição que você tem acesso a tudo o que está rolando de mais legal nas artes, e isso tudo através da curadoria do jornalista Roger Lerina. Se você valoriza este conteúdo, compartilhe nas suas redes sociais para que mais gente tenha contato com o melhor da Cultura.
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on email
Se você já é assinante, obrigada por estar conosco no Grupo Matinal Jornalismo! e tenha acesso a todos os nossos conteúdos.Compartilhe esta reportagem em suas redes sociais!
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on email

;
PUBLICIDADE

Esqueceu sua senha?