Artes Visuais | Reportagens

O “Mergulho Noturno” de Elaine Tedesco no Museu do Trabalho

Change Size Text
O “Mergulho Noturno” de Elaine Tedesco no Museu do Trabalho Foto: Anderson Astor

O Museu do Trabalho exibe até 30 de abril a exposição Mergulho Noturno, de Elaine Tedesco. Com ênfase em desenhos da artista, a mostra reúne trabalhos do final da década de 1980 e produções mais recentes, desenvolvidas a partir de 2010.

“O noturno da imagem é o convite para um mundo sem arestas, barreiras ou passagem. Aquilo que quase some entre a luz e a sombra, mas deixa antever um limite impreciso, como uma linha que está prestes a emergir”, reflete o curador Flávio Gonçalves no texto que apresenta a mostra.

Publicidade

Elaine começou a revisitar desenhos mais antigos enquanto selecionava trabalhos em seu ateliê para a exposição 80’s, realizada em 2022 na Fundação Vera Chaves Barcellosleia a matéria –, que apresentou a produção de 38 artistas atuantes na década de 1980. O bom estado de conservação de suas obras, marcadas pela gestualidade e materialidade, mobilizou Elaine a exibir parte dessa trajetória. “Quis mostrar desenhos que as pessoas não conheciam”, conta a artista e professora do Instituto de Artes da UFRGS.

“Minha paleta de cores em geral é de baixo contraste, com colorações do anoitecer. Não é bem esse horário de agora, que ainda tem luz, é um pouco depois”, explica a artista numa conversa ao entardecer. O Mergulho Noturno também remete ao envolvimento de Elaine em seus processos e diante da escala dos trabalhos: “Alguns desenhos eram maiores do que eu. Enquanto eu desenhava, era como se estivesse dentro deles”.

Foto: Anderson Astor


A imersão crepuscular da mostra ganha evidência no vídeo Spree Caminhada Noturna, realizado em 2014, em Berlim, durante residência promovida pelo Goethe-Institut Porto Alegre. “Esse vídeo toma algumas coisas que acontecem no meu processo de desenho, como o percurso em busca de uma atmosfera”, conta Elaine, que entre inúmeras mostras individuais e coletivas de sua carreira participou da 52ª Bienal de Veneza, em 2007.

A ideia de gravar caminhadas e situações ordinárias na capital alemã levou a artista a uma região menos movimentada da cidade, às margens do rio Spree. “Um e outro mosquito me pegaram, então lembrei de procedimentos do universo da performance e da dança e comecei a repetir movimentos”, recorda Elaine, que em algumas cenas do vídeo aparece dando tapas no corpo para se livrar dos insetos. “Durante a edição, quis criar uma atmosfera de suspense, mas nada acontece no final, não tem um clímax. É um fragmento de um dia de alguém”, completa a artista.

Em meio à atmosfera lusco-fusco dos desenhos, formas sugerem espaços de contenção, refúgio e observação, remetendo a outros trabalhos de Elaine, como as séries Cabines e Guaritas. A mostra apresenta ainda intervenções em fotografias e emaranhados de fios – vestígios de outros trabalhos que ampliam a trama noturna da exposição.

“Mergulho Noturno”, de Elaine Tedesco
Curadoria de Flávio Gonçalves
Visitação: até 30 de abril de 2023, de terças a sábados, das 13h30 às 18h30; domingos e feriados, das 14h às 18h30
Onde: Museu do Trabalho (Rua dos Andradas, 230 – Centro Histórico – Porto Alegre)

Gostou desta reportagem? Garanta que outros assuntos importantes para o interesse público da nossa cidade sejam abordados: apoie-nos financeiramente!

O que nos permite produzir reportagens investigativas e de denúncia, cumprindo nosso papel de fiscalizar o poder, é a nossa independência editorial.

Essa independência só existe porque somos financiados majoritariamente por leitoras e leitores que nos apoiam financeiramente.

Quem nos apoia também recebe todo o nosso conteúdo exclusivo: a versão completa da Matinal News, de segunda a sexta, e as newsletters do Juremir Machado, às terças, do Roger Lerina, às quintas, e da revista Parêntese, aos sábados.

Apoie-nos! O investimento equivale ao valor de dois cafés por mês.
Se você já nos apoia, agradecemos por fazer parte da rede Matinal! e tenha acesso a todo o nosso conteúdo.

Compartilhe esta reportagem em suas redes sociais!
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on email
Se você já nos apoia, agradecemos por fazer parte da rede Matinal! e tenha acesso a todo o nosso conteúdo.

Compartilhe esta reportagem em suas redes sociais!
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on email

Gostou desta reportagem? Ela é possível graças a sua assinatura.

O dinheiro investido por nossos assinantes premium é o que garante que possamos fazer um jornalismo independente de qualidade e relevância para a sociedade e para a democracia. Você pode contribuir ainda mais com um apoio extra ou compartilhando este conteúdo nas suas redes sociais.
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on email

Se você já é assinante, obrigada por estar conosco no Grupo Matinal Jornalismo! Faça login e tenha acesso a todos os nossos conteúdos.

Compartilhe esta reportagem em suas redes sociais!

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on email
PUBLICIDADE

Esqueceu sua senha?