Folhetim

Calopsita – Capítulo 9

Change Size Text
Calopsita – Capítulo 9

No dia de descanso, Domingos não sabe o que fazer. A pandemia inaugurou essa novidade na sua vida: não sabe o que fazer com o tempo. Antes ele nem conhecia a sensação de ócio, sempre às voltas com a filha, os amigos e a casa. A última vez que se sentiu tão sozinho foi quando a esposa morreu. 

O celular apita a chegada de uma mensagem. Ele estranha ver o nome do pai de Lúpino. Num calafrio, se pergunta se alguma nova tragédia terá acontecido na vida ainda tão iniciante do menino. Desbloqueia o celular. Custa um pouco para entender o texto: oi domingos eu peguei o celular do meu pai ele tá no banho a gente voltou do super a gente vai no portao da minha vo igual a gente foi aquela noite.

[Continua...]

O acesso a esse conteúdo é exclusivo aos assinantes premium do Matinal. É nossa retribuição aos que nos ajudam a colocar em prática nossa missão: fazer jornalismo e contar as histórias de Porto Alegre e do RS.

 

 
 
 

 

 

 

 
 
 

 

 
conteúdo exclusivo
Revista
Parêntese


A revista digital Parêntese, produzida pela equipe do Matinal e por colaboradores, traz jornalismo e boas histórias em formato de fotos, ensaios, crônicas, entrevistas.

Quer ter acesso a conteúdo exclusivo?


Assine o Premium
ou faça login

Você também pode experimentar nossas newsletters por 15 dias!

Experimente grátis as newsletters do Grupo Matinal!

No dia de descanso, Domingos não sabe o que fazer. A pandemia inaugurou essa novidade na sua vida: não sabe o que fazer com o tempo. Antes ele nem conhecia a sensação de ócio, sempre às voltas com a filha, os amigos e a casa. A última vez que se sentiu tão sozinho foi quando a esposa morreu. 

O celular apita a chegada de uma mensagem. Ele estranha ver o nome do pai de Lúpino. Num calafrio, se pergunta se alguma nova tragédia terá acontecido na vida ainda tão iniciante do menino. Desbloqueia o celular. Custa um pouco para entender o texto: oi domingos eu peguei o celular do meu pai ele tá no banho a gente voltou do super a gente vai no portao da minha vo igual a gente foi aquela noite.

[Continua...]

O acesso a esse conteúdo é exclusivo aos assinantes premium do Matinal. É nossa retribuição aos que nos ajudam a colocar em prática nossa missão: fazer jornalismo e contar as histórias de Porto Alegre e do RS.

 

 
 
 

 

 

 

 
 
 

 

 
conteúdo exclusivo
Revista
Parêntese


A revista digital Parêntese, produzida pela equipe do Matinal e por colaboradores, traz jornalismo e boas histórias em formato de fotos, ensaios, crônicas, entrevistas.

Quer ter acesso a conteúdo exclusivo?


Assine o Premium
ou faça login

Você também pode experimentar nossas newsletters por 15 dias!

Experimente grátis as newsletters do Grupo Matinal!

marca-parentese

Abra um parêntese no seu fim de semana com jornalismo e boas histórias. Deixe seu email e receba toda semana as newsletters da revista Parêntese.

Receba de segunda a sexta a Matinal News, a newsletter que traz as principais notícias e eventos de Porto Alegre e do RS.