Folhetim

Cefaleia Cervicogênica – Parte VI: A rateada

Change Size Text
Cefaleia Cervicogênica – Parte VI: A rateada

A rateada

Passava das dez horas da noite quando Valdir finalmente conseguiu uma corrida de aplicativo por seis reais para casa. Em frente ao Princesa Isabel, parou um Clio branco caindo aos pedaços. Tentou abrir a porta do carona sem sucesso, espiou o motorista mascarado e lembrou da merda toda. No banco traseiro, uma estrutura de acrílico já opaca separava o banco do motorista dos passageiros, impedindo maiores interações. Puxou o cinto de segurança, mas só tinha farelo e poeira onde deveria estar a fivela junto ao assento.

“Valmir?”

“Valdir.”

“Isso, Valdir. Na Getúlio Vargas?”

“Aham.”

Encostou a nuca no banco, fechou os olhos e desejou aquela massagem que era especialidade de Cristianne. Ela se sentava no sofá e ele no tapete da sala, com as costas entre as pernas dela. Os dedos primeiro em movimentos circulares nas têmporas, para depois descer como duas centopeias em torno do pescoço até chegar aos ombros. Porém, não eram os dedos e as pernas da esposa que imaginava à sua volta, e sim os da moça da roupa de ginástica desatando os nós sobre suas escápulas com movimentos fortes, mas gentis. Pela primeira vez sentiu algo próximo de culpa e repreendeu a imaginação abrindo os olhos. Assim que enviou uma mensagem para Cristianne explicando que estava a caminho, o celular tocou em suas mãos com a foto de um casal de meia-idade.

“E aí, resolvido lá?”

[Continua...]

O acesso a esse conteúdo é exclusivo aos assinantes premium do Matinal. É nossa retribuição aos que nos ajudam a colocar em prática nossa missão: fazer jornalismo e contar as histórias de Porto Alegre e do RS.

 

 
 
 

 

 

 

 
 
 

 

 
conteúdo exclusivo
Revista
Parêntese


A revista digital Parêntese, produzida pela equipe do Matinal e por colaboradores, traz jornalismo e boas histórias em formato de fotos, ensaios, crônicas, entrevistas.

Quer ter acesso ao conteúdo exclusivo?

Assine o Premium

Você também pode experimentar nossas newsletters por 15 dias!

Experimente grátis as newsletters do Grupo Matinal!

A rateada

Passava das dez horas da noite quando Valdir finalmente conseguiu uma corrida de aplicativo por seis reais para casa. Em frente ao Princesa Isabel, parou um Clio branco caindo aos pedaços. Tentou abrir a porta do carona sem sucesso, espiou o motorista mascarado e lembrou da merda toda. No banco traseiro, uma estrutura de acrílico já opaca separava o banco do motorista dos passageiros, impedindo maiores interações. Puxou o cinto de segurança, mas só tinha farelo e poeira onde deveria estar a fivela junto ao assento.

“Valmir?”

“Valdir.”

“Isso, Valdir. Na Getúlio Vargas?”

“Aham.”

Encostou a nuca no banco, fechou os olhos e desejou aquela massagem que era especialidade de Cristianne. Ela se sentava no sofá e ele no tapete da sala, com as costas entre as pernas dela. Os dedos primeiro em movimentos circulares nas têmporas, para depois descer como duas centopeias em torno do pescoço até chegar aos ombros. Porém, não eram os dedos e as pernas da esposa que imaginava à sua volta, e sim os da moça da roupa de ginástica desatando os nós sobre suas escápulas com movimentos fortes, mas gentis. Pela primeira vez sentiu algo próximo de culpa e repreendeu a imaginação abrindo os olhos. Assim que enviou uma mensagem para Cristianne explicando que estava a caminho, o celular tocou em suas mãos com a foto de um casal de meia-idade.

“E aí, resolvido lá?”

[Continua...]

O acesso a esse conteúdo é exclusivo aos assinantes premium do Matinal. É nossa retribuição aos que nos ajudam a colocar em prática nossa missão: fazer jornalismo e contar as histórias de Porto Alegre e do RS.

 

 
 
 

 

 

 

 
 
 

 

 
conteúdo exclusivo
Revista
Parêntese


A revista digital Parêntese, produzida pela equipe do Matinal e por colaboradores, traz jornalismo e boas histórias em formato de fotos, ensaios, crônicas, entrevistas.

Quer ter acesso ao conteúdo exclusivo?

Assine o Premium

Você também pode experimentar nossas newsletters por 15 dias!

Experimente grátis as newsletters do Grupo Matinal!

RELACIONADAS
ASSINE E GANHE UMA EDIÇÃO HISTÓRICA DA REVISTA PARÊNTESE.
ASSINE E GANHE UMA EDIÇÃO HISTÓRICA DA REVISTA PARÊNTESE.

Escolhe um dos combos

Pagamento exclusivo via cartão de crédito