Memória

1898: Início da construção da Intendência Municipal

Change Size Text
1898: Início da construção da Intendência Municipal João Faria Viana, 1966. Xilogravura (Reprodução).

PORTO ALEGRE 250 ANOS:  HISTÓRIA, FOTOGRAFIA E REPRESENTAÇÕES

1898: Início da construção da Intendência Municipal – História

Quando assumiram o poder, em 1889, os positivistas vinham decididos a muitas coisas. Entre elas modificar a fisionomia arquitetônica da cidade, removendo tudo o que lembrasse o Império. A começar pelos prédios que sediavam os poderes de Estado. Já em 1894 Castilhos ordenava que o antigo prédio da Assembleia Legislativa Provincial, localizado na Praça Marechal Deodoro, esquina Jerônimo Coelho, fosse acrescido de mais um andar, para ali se instalar o governo do Estado. Enquanto o velho Palácio de Barro fosse demolido, o que começou em 1896, e o novo não ficasse pronto (só foi inaugurado em 1921, e assim mesmo muito longe de estar concluído). Com a nova reforma, o prédio ficou só com o torreão da esquina (antes eram dois), mas o povo nunca aceitou chamá-lo pelos nomes oficiais. Continuou a ele se referindo como o Forte Apache.

Enquanto isso, a nível municipal, foi solicitado a João Maria Colfosco, um arquiteto italiano construtor de pontes, versado no Positivismo (talvez aí o motivo de ter caído nas graças dos novos governantes), que projetasse um novo prédio para a Intendência Municipal. O projeto agradou em cheio. Entre outros motivos porque apresentava, nas figuras e medalhões de sua fachada, um verdadeiro tratado simbólico do ideário daquilo que os positivistas pensavam e pretendiam para o Estado e para a cidade. Como a unidade, a estreita colaboração entre Comércio, Indústria e Agricultura (Fig. 1).

O prédio começou a ser erguido em 1898, e em tempo recorde foi concluído, para ser inaugurado oficialmente em 10 de abril de 1901. Uma espécie de cartão de visitas da nova era e da nova cidade que os positivistas achavam que estavam presenteando ao povo rio-grandense.


A Intendência Municipal – Representações

[Continua...]

O acesso a esse conteúdo é exclusivo aos assinantes premium do Matinal. É nossa retribuição aos que nos ajudam a colocar em prática nossa missão: fazer jornalismo e contar as histórias de Porto Alegre e do RS.

 

 
 
 

 

 

 

 
 
 

 

 
conteúdo exclusivo
Revista
Parêntese


A revista digital Parêntese, produzida pela equipe do Matinal e por colaboradores, traz jornalismo e boas histórias em formato de fotos, ensaios, crônicas, entrevistas.

Quer ter acesso ao conteúdo exclusivo ?

Assine o Premium

Você também pode experimentar nossas newsletters por 15 dias!

Experimente grátis as newsletters do Grupo Matinal!

RELACIONADAS
ASSINE E GANHE UMA EDIÇÃO HISTÓRICA DA REVISTA PARÊNTESE.
ASSINE E GANHE UMA EDIÇÃO HISTÓRICA DA REVISTA PARÊNTESE.