Editorial | Revista Parêntese

Parêntese #211: Psicanálise, Ortografia e Carnaval

Change Size Text
Parêntese #211: Psicanálise, Ortografia e Carnaval

Olá! Hoje temos dois novos nomes por aqui. Evandro Machado Luciano é psicanalista e no seu texto de estreia na Parêntese fala sobre o suposto saber ou por que acreditamos naquilo que acreditamos. Seus ensaios prometem trazer meandros da psicanálise além de reflexões e pensamentos sobre a América Africana.  

Gabriel de Ávila Othero fala de ortografia de modo descomplicado. Quem nunca se pegou pensando se estender era com S ou com X? Em seu texto, o professor de linguística da UFRGS decifra alguns dos erros comuns que cometemos e dá pinceladas da complexa história da nossa língua. 

Publicidade

Para irmos entrando em clima de confetes e serpentinas, Jandiro Koch apresenta um ensaio sobre o artista Djalma do Alegrete e suas contribuições carnavalescas – que não foram poucas! 

Além disso, A vida e a vida de Áurea, folhetim de Claudia Tajes que aqueceu os corações gremistas, chega em seu penúltimo capítulo. Larry acha que agora o casamento vai de vento em popa, mas não é bem assim.   

Na crônica deste sábado, Juremir Machado da Silva reflete sobre a democracia Russa e  Vladimir Putin, que vai concorrer outra vez à reeleição. 

Ah, e um aviso: devido ao feriado de carnaval, a Parêntese do próximo sábado chegará nas caixas de entrada no final da tarde de sexta-feira, 09/02.

Boa leitura!  

RELACIONADAS
ASSINE O PLANO ANUAL E GANHEUM EXEMPLAR DA PARÊNTESE TRI 1
ASSINE O PLANO ANUAL E GANHEUM EXEMPLAR DA PARÊNTESE TRI 1

Esqueceu sua senha?

ASSINE E GANHE UMA EDIÇÃO HISTÓRICA DA REVISTA PARÊNTESE.
ASSINE E GANHE UMA EDIÇÃO HISTÓRICA DA REVISTA PARÊNTESE.